“Esquerda Caviar” em Portugal

Está disponível hoje nas principais livrarias de Portugal o livro “Esquerda Caviar” (Alêtheia Editores), do economista e blogger brasileiro Rodrigo Constantino.

Em seu blog no site da revista Veja, Constantino publicou uma breve apresentação do livro que escrevi para os leitores portugueses.

15 pensamentos sobre ““Esquerda Caviar” em Portugal

  1. Faço sempre este comentário nesta especificas circunstâncias. Mas fica me sempre a sensação que ninguém entende:
    A maior vitória da esquerda sobre a direita, a vitória que dita toda a narrativa e tudo o que se sucede é simplesmente esta. O esta é simplesmente que é permitido à esquerda fazer um discurso sobre o qual não é, de todo (li a própria Helena Matos a justifica-los) , obrigada a viver. Esta foi a derrota total de todos perante a esquerda. Vou voltar a explicar o que nem é muito difícil de perceber:
    Os pathways neuronais que permitem a análise abstracta não são os mesmo que que elaboram factores auto-referenciais. Quando perdoa a esquerda estar horas a falar das injustiças de rendimentos e dos desvalidos e depois ir torrar 100 euros em refeições no 100 maneiras do Avilez… já perdeu. A partir deste ponto nem adianta abrir a boca.
    Porque nunca a direita irá construir argumentos abstractos que batam os da esquerda. Esquerda é droga (sob a forma de endorfinas) sob a forma de pilares morais que todos tem (esquerda e direita) que são os normativos (por isso comuns até aos símios) . A esquerda é inteligente. Sim é mais inteligente que a direita porque inteligência (como é medida) é a capacidade de manter variáveis abstractas na Working memory logo melhor a resolver esses argumentos… mas a esquerda não tem nada de sábia. Não mete nunca a esquerda a resolver problemas reais, porque estes no essencial assentam sob a égide dos expected outcomes que só a direita os parece saber de forma quase instintiva!
    A única… a U N I C A forma que a direita alguma vez terá de ganhar a “discussão” ´é obrigar sempre a esquerda a responder pessoalmente perante o que advoga. Aí já ganhou. Aliás traga num debate a esquerda para o campo do mundo real (do deles como pessoa) e é hilariante ver como eles ficam atrapalhados. É sempre os que tem mais que eles (seja o que for que ganhem) a dar aos que tem menos que eles… mas eles nunca entram na equação porque o deles é para o bolso e vidinha deles!

  2. lucklucky

    “é obrigar sempre a esquerda a responder pessoalmente perante o que advoga”

    Precisamente Olympus Mons, podem começar por construir Comunas e a não obrigar com violência quem não é de Esquerda a sê-lo.

  3. lucklucky

    Foi a primeira vez que dei um thumbs down a alguém num comentário no Insurgente. Pela repelência do texto que apoia.

    O intelectualmente desonesto texto que a k. concorda.

    – A esquerda do Leonel Moura e da k. apoia a violência para obrigar quem não é de esquerda a sê-lo.

    – Mais, a k. e o Leonel Moura só são de Esquerda se obrigarem pela força quem não o é.

    Vamos supor que os impostos estariam a nível neo liberal- 20%- alguém de Esquerda pagaria 20% – nunca aceitaria pagar 40%, 50% , 60% com mais serviços correspondentes ao crescimento da sua contribuição.

    Pois o essencial para a Esquerda é a coerção, a violação da natureza do outro.

  4. JP

    Esquerda cá-a-aviar:

    “A Câmara de Lisboa vai discutir na terça-feira uma proposta no sentido dar poderes ao presidente da autarquia, António Costa (PS), para poder intentar acções em tribunal no âmbito do processo de subconcessão da Carris e do Metro.”

    Esquerda lá-a-aviar:

    “O Presidente Nicolás Maduro, anunciou hoje que irá pedir ao parlamento que aprove uma lei que lhe concede poderes especiais para legislar por decreto contra o imperialismo na Venezuela.”

  5. JP

    “Pois o essencial para a Esquerda é a coerção, a violação da natureza do outro.”

    Os tipos sobem o IMI nas autarquias do PS e depois vêm os ex-braços-direitos do filósofo (os que fazem por fazer andar as coisas que eles todos sempre desconhecem e de que nunca ouviram falar) para a comunicação social dizer que o IMI da direita é uma pouca-vergonha. Faz lembrar a culpa dos meninos da Casa Pia.

  6. Kubo

    O lema da Esquerda Caviar é sempre: “Faz o que eu digo, não o que eu faço”.

    A justificação deles (como o texto do caviar Leonel Moura, por k. ‘linkado’ demonstra) é: os pobres precisam de uma Vanguarda (do proletariado, iluminada e quejandos), de alguém que pense por eles. E como? A Vanguarda define a solução: nós podemos ser ricos porque somos a Vanguarda e definimos que os outros ricos não o podem ser e desta forma devem ser esbulhados por “exploração da classe operária”…

    Exemplo típico desta Vanguarda é a resposta de Saramago quando perguntado se iria distribuir pela classe explorada o valor do Prémio Nobel recebido: “Quem ganhou o Prémio fui eu”…

    Nomenklatura típica. George Orwell – que os conheceu bem – descreveu em “O Triunfo dos Porcos” tal espécie de Vanguarda: “Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros”.

  7. tina

    “Sim é mais inteligente que a direita porque inteligência (como é medida) é a capacidade de manter variáveis abstractas na Working memory logo melhor a resolver esses argumentos… ”

    Olympus, não sei que definição é essa. Mas sem dúvida que a verdadeira inteligência reflete-se em resultados práticos. E a direita é muito mais capaz de levar uma vida não só com mais sucesso, como também mais espiritualmente sã, pois em tudo é coerente. A direita tem capacidade para a felicidade, pois acredita no ser individual, enquanto a esquerda é naturalmente negativa, pois tem de confiar nos (no que é dos) outros. Por isso, não sei como se pode denominar de inteligente uma pessoa de esquerda. Eu acho precisamente o contrário, que eles são muito burros e que simples testes de IQ o provariam sem sombra de dúvida.

  8. Tina,
    Não. Nos testes psicotécnicos encontra a esquerda com QI mais elevado. Verdade que é 1-2 pontos mas está lá. É medido e não vale a pena negar.
    Os testes psicotécnicos tem naturalmente uma volumetria enorme logo são utilíssimos mas na verdade medem muito a Working Memory e esta parece estar do lado da esquerda.
    Já quando mede CRT, Cognitive reflection, a correlação com a direita e na mesma medida evidente.

    A esquerda é inteligente a Direita é Sábia (gera brilhantemente expected outcomes)… se duvida olhe para a Grécia: A esquerda empolgou-se… a direita foi a correr comprar picotas para assistir ao pagode… quem acertou nos expected outcomes?— pois claro.

  9. tina

    Mas então como se explica que as pessoas de esquerda sigam sempre letras e humanidades, enquanto entre os engenheiros há maior concentração de pessoas de direita? O jeito para a matemática será sem dúvida um grande indicador de inteligência.

  10. António

    Tina,

    Ainda bem que na “direita” a maioria das pessoas são mais inteligentes e interessantes que você, porque, independente de ser de direita, esquerda, centro, frente ou trás…o seu nível…ninguém merece!

  11. tina

    Então Antoninho, já não lhe apetece mandar-me ir tomar mais daquela coisa que faz rir? O que foi, não gostou de eu lhe ter respondido á letra? E também não consegue fundamentar as patacoadas que disse, pois não? Vós, de esquerda, sois patéticos.

  12. António

    Tina,

    “Quem não concorda comigo é de esquerda. Quem é de esquerda é burro”

    Parabéns. Você ganhou o prémio Stalin 2015, por antecipação.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.