Northeast Asia difficult past

Ontem à noite descobri este bloqueio (chamemos-lhe assim), que é o último de uma série de bloqueios na relação entre a China e o Japão. Os ressentimentos que veem do passado ainda não estão ultrapassados – desde a participação do Japão (ao lado de várias potências europeias) no retalhar da China no final da dinastia Qing à ocupação japonesa nos anos 30 e 40 do século XX, de que a ‘violação de Nanjing’ é o caso mais emblemático – e são exacerbados pelas constantes hostilidades gratuitas japonesas, a que a China responde com outras hostilidades gratuitas. Além das disputas territoriais, há a desculpabilização japonesa das atrocidades que os seus militares cometeram aquando das invasões (os massacres, as violações, as escravas sexuais,…). E a China tem grande apreço pelo nacionalismo e faz questão de recordar as feridas. Nenhum dos países quer abandonar a memória do passado e a possibilidade de coexistência amigável pelos vistos é só wishful thinking de alguma das partes. Enfim, são bloqueios que nem contextualizando se compreendem. Por alguma razão a Ásia é o local do mundo mais instável e que maiores preocupações de segurança traz no mundo atual (por muito que a Europa só pense na Rússia).

O título é surripiado ao Barry Schwartz e o vídeo do filme Flowers of War de Zhang Yimou.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.