Antonio Costa, a meretriz hitleriana

IM

“(…)Eu defender o Correio da Manhã porque a maior parte do povo o lê é uma coisa populista e hitleriana, é um argumento hitleriano. O CM é o carro do povo, portanto, todos temos de ler o CM. O CM todos os dias atinge a dignidade das pessoas e nós todas aqui conhecemos pessoas que foram atingidas pelo CM. Portanto, tu dizeres que nós, de esquerda, gostamos do CM, gostamos do povo, logo temos de gostar do Cm… O CM é má fonte, é vergonhoso e eu não admito que me digam que, por ser de esquerda, tenho de gostar de um jornal que é muito popularucho. Acho isso uma coisa nojenta. O CM é uma vergonha e eu acho uma vergonha participar nele e, para mim, é prostituição ser colunista do CM!

Isabel Moreira, no programa Barca do Inferno.

Espero que este recado da Isabel Moreira ao Secretário-Geral do Partido Socialista, putativo candidato à chefia do próximo governo, actual Presidente da Câmara de Lisboa e colunista do Correio da Manhã se encaixe nos canais próprios que servem para enviar os recados políticos. Não acredito em mais nenhuma hipótese e parece-me ainda mais longínqua qualquer aproximação da deputada a um processo de auto-crítica..

Adenda: As outras meretizes do mesmo partido de Isabel Moreira que escrevem no CM são a Maria de Belém e o Eduardo Cabrita.

20 pensamentos sobre “Antonio Costa, a meretriz hitleriana

  1. Miguel Alves

    a esquerda caviar tem toda uma nova ideologia..
    Antigamente era liberal nos costumes, e “radical” na vertente economica… agora tornou-se simplesmente radical..

    -é prostituição escrever no correio da manhã
    -é pindérico ver a final da casa dos segredos
    -é mau usar um fato barato
    -é pessimo viver nos suburbios porque se demora 2 horas a chegar ao trabalho (esta raquel varela é um espetaculo, temos todos que viver no centro para trabalhar perto, gostava de saber como seria possível a população do porto viver toda nos aliados ou na boavista por exemplo)

    eu gostava que estas Dra. fizessem um manual de boas maneiras para educar toda a sociedade, de facto a escola pública não anda a fazer um bom serviço.

  2. ricardo

    O povo não presta e teima em ler o Correio da Manhã, gostar de futebol, do sexo oposto e de telenovelas.
    É um povo a modos que reles e ingrato.
    Tadinhas têem o querido líder no xilindró….

  3. tina

    Acho que a Isabel Moreira tem os dias contados. Com o PS não se brinca, e com António Costa ainda menos, como pode provar aquela senhora que o chamou de traidor.

  4. maria

    As meninas precisavam de trabalhar 1 mês numa fábrica de texteis para saber o que é a vida.
    Parecem tontinhas, coitadas.Sem exportações e sem empréstimos não entra dinheiro, como paga a menina o que veste importado, o seu tablet, o seu pópó e até as batatinhas que são espanholas e francesas?
    Assim vai a parvoíce.

  5. Marquês Barão

    Faz-me lembrar parte de uma anedota que Raul Solnado contava: Nós cá samos putas mas samos sérias.

  6. PT

    A parte do hitleriana, sinceramente desconhecia, embora os tiques totalitaristas estejam lá, ou não fosse ele socialista. Mas a parte do meretriz estava na cara… então o Messias dos amanhãs que cantam não se mudou de armas e bagagens para o Intendente?

  7. lucklucky

    “a esquerda caviar tem toda uma nova ideologia..
    Antigamente era liberal nos costumes, e “radical” na vertente económica… agora tornou-se simplesmente radical..”

    A Extrema Esquerda não tem nova ideologia, é sempre a mesma: Totalitarismo do Poder.

    A Extrema Esquerda está-se nas tintas para as suas “causas” .
    Está-se nas tintas para os pobres, para o racismo, para os palestinianos, para os pretos, para os gays e lésbicas, para os judeus, para os muçulmanos, para qualquer “grupo vítima” que inventa ou se apropria.

    São apenas pretextos para utilizar para ajudar a ganhar poder. Após se ter ganho o poder total, então cada um desses grupos vítima ou obedece ao Poder deles, “or else”…

    Tal como o Patriotismo, nos primeiros 35 anos após o 25 de Abril. Pátria foi uma palavra Fascista. Hoje a Pátria já aparece nos cartazes do PCP e o Louçã já fala em Pátria.

    Mas se for preciso deitar a fora a Pátria outra vez e chamar-lhe nomes, também fará, quão rápido como se passou a defender.

  8. Jorge Gaspar

    “O comunismo não tem uma doutrina. Enganam‑se os que supõem que ele a tem.”
    “O comunismo não é um sistema: é um dogmatismo sem sistema — o dogmatismo informe da brutalidade e da dissolução.” Fernando Pessoa

  9. Luís Lavoura

    Não é um recado a António Costa. Como a Isabel não lê o CM, não sabe que o António Costa lá tem uma coluna (se tiver – eu também não leio o CM e não sei quem lá escreve).

  10. Além disso a crítica parece ser certeira. Costa mostrou-se disponível para entendimentos com toda a gente, o que a ala esquerdista do PS deverá considerar uma prostituição. E tem surgido em reportagens ladeado pelo João Galamba, claramente o mais nacional-socialista dos ideólogos que o rodeiam.

  11. campus

    ó Isabel Moreira, chamar prostituto ao António Costa e ao Cabrita, prostituta à Maria de Belém é muito forte…, andas passada, não andas ?

  12. abraz

    Ontem no programa estavam frenéticas, ninguem se houvia, parareciam umas mulheres mal “vestidas”!

  13. Paulo

    Esqueceu-se de dizer no artigo que as meretrizes do PS que escrevem no CM são Maria de Belém, que coitada não tem muito bem a noção das coisas, e Eduardo Cabrita, o deputado prepotente e grosseirão que protagonizou o episódio do microfone há poucas semanas.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.