Não temos culpa que Raquel Varela não tenha tido educação em pequena

Há pessoas que se não têm a sorte de receber educação e formação em casa, deviam tentar suprir essa falta através de aprendizagens avulsas com a vida. A literatura é um meio fabuloso, para isso como para tantas outras coisas.

Lembram-se daquela cena de Emma, de Jane Austen, em que no piquenique Emma – a filha do mais rico proprietário de terras da zona, rica, bonita, inteligente e educada – ridiculariza Miss Bates, a solteirona ridícula e pobre? E de como Mr Knightley de seguida descompõe Emma por ela, da sua situação privilegiada e sendo uma espécie de trend-setter rural, ter abusado publicamente de uma mulher que já nada tem se não o respeito das pessoas da aldeira? Bom, isto é mais ou menos algo precioso que sempre me foi transmitido pelo meus pais – para além, bem entendido, de me ensinarem a avaliar as pessoas pelo que são, não por bens materiais que possuam, por estatuto social, por cargo profissional (há muito imbecil que chega longe) ou, até, por graus académicos que obtenham (que, como se vê por Raquel Varela, um phd não é certificado de ausência de estupidez). Que era inaceitável de alguma forma maltratar alguém por não ter tido as vantagens de que eu felizmente dispunha.

Raquel Varela não teve a sorte que eu tive de ter este bom pedaço de formação, mas certamente que nos seus anos de vida poderia já tê-lo aprendido, de forma a não fazer as figuras indecorosas que faz ao gozar com a mãe de Cristiano Ronaldo. É certo que é uma tendência que se apercebe nesta esquerda malcriada (desculpem lá, mas chamar esquerda caviar a esta gente é abastardar o conceito de esquerda caviar; é, quando muito, esquerda presunçosa) o facto de aproveitarem a sua proximidade com o poder político ou uma perceção (às vezes errada) de que estão a lidar com maltrapilhos, sem poder económico e mediático e social que lhes permita uma eficaz resposta, para abusarem das outras pessoas. Isto foi visível também, por exemplo, na tentativa (que fez boomerang) de Raquel Varela humilhar na tv em horário nobre um miúdo empreendedor. Mas alguém devia explicar a Raquel Varela que verdadeira falta de gosto são as coisas indecorosas que escreve, que dão muito mais vómitos que o facto de a mãe de Ronaldo ver a Casa dos Segredos.

Enfim, é ler a Isabel Santiago Henriques sobre o que Raquel Varela escreveu, que fica tudo dito. E perceber que por muitos livros que Raquel Varela tenha lido, peças de teatro que tenha assistido, boa música que tenha ouvido – bem, nada disso lhe aproveitou para a tornar uma pessoa decente.

26 pensamentos sobre “Não temos culpa que Raquel Varela não tenha tido educação em pequena

  1. PG

    Essa meretriz fala de boca cheia d’”O povo” mas despreza-o como ninguém.
    Para ela (e muitos outros) o “Povo” só serve para ganhar votos.

    Que se engasgue no caviar e na inveja dos “novos ricos”.

  2. Sara C

    A Raquel Varela tem por vezes, eu acho, uma forma agressiva de demonstrar os seus pontos de vista. E isso, como referiu a Maria João, evidenciou-se no tal Prós e Contras. Mas não me parece que a crítica da Raquel seja dirigida aos hábitos de Dolores Aveiro, ao que a senhora faz ou deixa de fazer. Parece-me, isso sim, uma crítica ao mediatismo (por parte de um semanário de referência e não de uma revista cor-de-rosa) que regista de fio a pavio o réveillon da mãe da nossa estrela de futebol. Como qualquer holofote mediático, (e disso todos os jornalistas e comunicólogos sabem) essa notícia sem qualquer interesse público acaba por gerar, ou embandeirar, um exemplo de hábitos culturais a seguir. Dolores Aveiro é livre de ver as Casas dos Segredos que quiser, e ninguém tem o direito de a julgar por isso, mas não percebo porque raio o Expresso tem de o divulgar ao país. Até para a própria família me parece intrusivo. Mas, sim, reconheço que a crítica da RV tenha sido excessiva e atingido Dolores Aveiro desnecessariamente, quando só deveria atingir o Expresso. Já agora, mais um reparo: dado que a diplomacia das palavras nem sempre é o forte deste blogue, não me parece que a crítica por má-criação seja a mais adequada. Idem para a Isabel Santiago Henriques, que facilmente desceu ao nível onde diz estar Raquel Varela, mas que termina o texto cobrando-lhe “razão”.

  3. JSP

    Uma arrivista grosseira, deslumbrada e pouco inteligente.
    Um Dâmaso Salcede de saias – um espécime semelhante encontra-se actualmente “à sombra”, numa cidade do Alto Alentejo…

  4. O que é certo é que CR7 já tirou mais gente da pobreza do que RV com os seus comentários. Já para não falar das pessoas que ajuda, ajudou e poderá vir a ajudar. RV ainda não percebeu que este país precisa é de “fazedores” e não de papagaios.

  5. Maria João Marques

    Artur Amorim, o seu comentário por alguma razão foi feito em duplicado. Apaguei o segundo.

  6. Tiro ao Alvo

    Já escrevi isto várias vezes, mas ninguém me ouve: não liguem ao que diz a Raquel, ela não merece tanta atenção. Desprezem os seus escritos e os seus ditos ridículos.

  7. Hajapachorra

    A dona Raquel é abaixo de cão mas a menina Maria João devia cuidar-se. Uma pessoa realmente educada não se vangloria da educação que recebeu. Além disso ambas deviam abster-se de escrever em blogues, jornais, revistas, boletins paroquiais. A língua portuguesa agradecia.

  8. JS

    Concordo, claro, M.J., mas apesar de tudo há algo de positivo na presença da personagem na TV: permitiu à M.J. -com o seu certeiro gesto- dissertar sobre meninas e preconceitos. Não pare nessa, sff.

  9. Pedro Carlos

    A RV não merece o tempo que se gasta a escrever sobre ela (e pelo que vejo dos trabalhos que a “investigadora” orienta, ainda merece menos o dinheiros dos contribuintes).

    Também precisava de ser multada quando decide passear de bicicleta no paredão de Oeiras a horas proibidas dado o movimento de peões… Mas “boa educação” e civilidade é coisa que obviamente não faz parte do seu deslumbrado ser…

  10. Maria João Marques

    Hajapachorra, é uma pena que os bons ensinamentos que recebeu no CUPAV tenham caído em saco roto e o façam vir aqui a espaços verter a sua bílis – e a coberto de um pseudónimo. Se calhar sou eu que tenho bitola elevada, mas não é propriamente posição que permita dar lições de moral ou conselhos a quem quer que seja. Mas sabe-se lá se não é a única felicidade que tem na vida, pelo que continue. Quanto ao facto de ler continuadamente coisas que lhe desagradam, é ir às páginas amarelas, que têm lá os telefones de consultórios de psicólogos e psiquiatras. Se calhar só com um bocadinho de psicoterapia – ou de medicação – abandona esses comportamentos masoquistas. Tenha um bom ano.

  11. Miguel Alves

    Os comentários da Raquel Varela são tipicos de “pensadores” socialistas. Reparei que não vai muito tempo a Raquel Varela falava da abundancia do socialismo.. que o socialismo é abundancia.. mas reparo agora que passado umas semanas critica a abundancia das outras pessoas.. não apenas a abundancia de dinheiro (150 euros) mas abundancia de “senso-comum” (ver a casa dos segredos). O que a Dra. Raquel Varela não compreende é que o mundo não é só dinheiro, e a alegria das pessoas não rola apenas na ida a jantares de 100 euros ou usar colares de perolas.. o problema dos socialistas é que só pensam em dinheiro e tem dificuldade em entender que a felicidade não é igual para todos e que infelizmente para eles a abundancia de felicidade não se compra.

    Coitados de nós se algum dia tivermos um governo ditador como o da Raquel Varela, lá se ia a casa dos segredos, o futebol e o sexo.. e seriamos obrigados a andar com colar de pérolas e a ler livros sobre os regimos socialistas/comunistas vitoriosos…

    este ultimo não porque não existe 🙂

    Um grande bem haja, mesmo aqueles que viram o final da casa dos segredos em vez de andar a criticar os voluntarios pelo seu trabalho gratuito.

  12. Nuno

    Não sei se é inteiramente adequado culpar os papás Varela pela peça. Há pessoas que não aprendem nada do que se lhes ensina, e a Varela pode ser uma delas.

  13. Rogerio Alves

    Ai,ai, acho sinceramente que dão importância a mais à Raquel. Já aparecer nas RTPs é uma chatice, mas gastar espaço aqui é pior ainda. Já sei o vale a moça. Deixá-la ficar no esquecimento que tudo mais do que isso é elogio.

  14. lucklucky

    “Não sei se é inteiramente adequado culpar os papás Varela pela peça. Há pessoas que não aprendem nada do que se lhes ensina, e a Varela pode ser uma delas.”

    De acordo.

  15. lucklucky

    Para completar, as opiniões da Raquer Varela dependem mais da Política do que da sua Educação.
    Logo não é tanto uma questão de educação. É uma questão da visão da sua ideologia. A Esquerda Totalitária.
    O Puritanismo a ela associado pois para a Esquerda tudo é Política.

    Logo marcação às escolhas dos outros são constante quando estas escolhas não beneficiam a Esquerda.
    Um “povo indígena” a ir ao mercado local é uma manifestação cultural de alto coturno, mas o povo luso a ir ao shopping é economicismo consumista abaixo de cão.

    Se a Mãe do Cristiano Ronaldo fosse uma artista que colocasse uma cruz num pote de urina, ou uma mulher que vivesse com 3 maridos já seriam “opiniões e escolhas alternativas”.

    Muito gostam eles da palavra “alternativa”, mas quando é uma alternativa que não gostam chamam de “reaccionária”

  16. o fantasma.

    Diz o povo:o que o berço dá a tumba o leva.Ora essa senhora…..não leva nada para a tumba porque o berço nada lhe deu.

  17. João de Brito

    Sem entrar em pormenores, que não conheço e não me interessam, quero apenas relevar o seguinte:
    1. É próprio dos presumidos intelectuais desprezarem tudo o que não é letrado, à boa maneira medieval.
    2. Não se dão conta de que o mundo mudou e, neste caso, para melhor.
    3. Quer queiram, quer não, Ronaldo é o português mais notável da atualidade, acompanhado de perto por Mourinho.
    4. E não nos venham dizer que futebol é futebol, porque futebol é competição pura e muito exigente.
    5. Digam-me em que outras áreas há outros portugueses que se imponham no mundo com igual talento e iguais resultados.
    6. Eu sei que os presumidos intelectuais da nossa praça fogem dos resultados como o diabo da cruz.
    CR7. O problema é que as árvores conhecem-se pelos seus frutos… e não há volta a dar-lhe!…
    Nota: A mãe de Ronaldo merece o respeito devido a qualquer outra mãe.

  18. Nuno Cardoso da Silva

    Conheço, embora superficialmente, a Raquel Varela. É arrogante e pretenciosa e sabe muito pouco seja do que for, excepto de história. Infelizmente fala muito do que não sabe. Não me surpreende esta sua deselegância, porque ela é isso mesmo. A melhor atitude é ignorá-la por sistema.

  19. Miguel Cardoso

    Recentemente também se referiu ao primeiro ministro como um suburbano por morar em Massamá, por usar fatos de segunda, o que não deixa de ser caricato vindo de alguém nascida e criada em Paço de Arcos, essa terra que o J. Pimenta fez crescer, e ainda poir só ter acabado o curso aos 37 anos. E assim vai uma certa esquerda que cheia de soberna e pesporrência se esqueceu dos valores que deviam representar.

  20. Toda esta querela é de um mau gosto notável. Não me falem em “berço” que fico enjoado… Este pequeno comentário nada tem de político. É apenas um desabafo em “voz alta”…

  21. Miguel

    Longe de defender a Raquel Varela mas os seus comentários sobre a mãe, e restante família, do Ronaldo, ou sobre as pessoas que vêm a “Casa dos Segredos” de um modo mais geral, encontra muuuita concordância na “Direita”. Mas nós não passamos o tempo com o “povo dentro da boca”, armados em libertadores de um povo completamente oprimido, que existirá muito mais na cabeça da Raquel e companhia do que na realidade. Pelo menos, por isso, não somos absolutamente hipócritas.

  22. E quem é você para decidir quem é decente e quem não é? Quem é você para falar em educação? Deve ser uma pessoa bem frustrada. Que educação teve conte lá? Você se deu ao trabalho de perder no minimo 20 minutos para escrever contra a integridade de uma pessoa. Teve o cuidado de planear o crime com links diretos para supostamente “reforçar” os seus argumentos.

    Porquê que a Dra Raquel lhe incomoda tanto? Talvez seja por estar a por a nu alguma coisa. Deve estar a incomodar muita gente. Sim, porque só alguém muito doente escreve tantos artigos sobre a mesma mulher. De duas uma, ou você a ama ou você a teme.

    A Dra Raquel vem abrir um novo ciclo na televisão. Vem contar a verdade sem mascaras, sem romantismos e sem loucuras políticas. Sabe meu caro, escrever sinônimos e usar figuras de estilo, etc, não o faz ter mais razão. Não escreva como se estivesse a escrever um livro de literatura isso já não se usa. Nada do que você disse, retirando o seu português perfeito, prova o que seja. Se você ouvir a Raquel verá que ela não ofende ninguém o problema é que não lhe dá jeito ver não é mesmo?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.