Assinemos já o manifesto contra a venda da TAP

Comecemos por fingir que a TAP não precisa de dinheiro e que os capitais próprios negativos não significam nada. Agora façamos de conta que a Comissão Europeia não proíbe os estados de injectar dinheiro em companhias aéreas, mesmo quando a alternativa é a falência. Vamos depois fingir que investidores estrangeiros irão colocar o seu dinheiro na TAP apenas para acabar com todos os vôos, afinal foi isso mesmo que fizeram com a EDP (os sacanas dos chineses levaram as barragens) e que se preparam para fazer com a PT (já andam a planear desmontar as torres e levá-las para França). Finjamos depois que se a TAP acabasse às mãos dos investidores internacionais, não viriam outras companhias aéreas aproveitar as rotas deixadas vagas. Façamos o tremendo esforço intelectual de assumir que a venda da TAP acabará com todas as suas rotas.
Esqueçamos depois que das 30 rotas continentais mais concorridas a partir de Lisboa, a TAP só tenha o exclusivo de uma (Hamburgo). Esqueçamos ainda que no Porto não existe uma única rota entre as mais populares na qual não haja já alternativa à TAP. Finjamos depois que ir de férias para o Brasil, ir a Caracas ou Maputo sem fazer escala seja uma necessidade essencial merecedora do dinheiro dos contribuintes.
Sei que para os leitores mais honestos e inteligentes será um grande esforço passar por este exercício de fingimento intelectual, mas se o conseguir estará pronto para colocar o seu nome ao lado de Tony Carreira no manifesto contra a venda da TAP.

16 pensamentos sobre “Assinemos já o manifesto contra a venda da TAP

  1. Fernanda Bettencourt

    Também a podem deixar falir. Façam dela o que quiserem, desde que não me obriguem a pagar a conta.

    (Finalmente vejo um comentário que não esquece que a Tap – felizmente e muito contra vontade – já não tem o monopólio dos voos para os Açores. Parabéns!)

  2. Pingback: Greve da TAP: o que fazer? | O Insurgente

  3. Diogo

    Tsc… Vocês num percebem nada. A Raquel Varela já explicou hoje no seu facebook. Ela diz que é um princípio básico de economia que o serviço público é que define a bitola da qualidade. Portanto se a TAP se privatizar essas empresas privadas todas vão perder qualquer qualidade de serviço que hoje tenham. Porque, um exemplo que ela usa, a única coisa que faz com que na SIC e TVI não dê só Casa dos Segredos o dia todo é que ainda haja a RTP pública.

  4. TOUNABOA

    Só não percebo porque não dispersam o capital em Bolsa, com aumento de capital simultaneo. Afinal todos os potencialmente interessados na TAP, já afirmaram não pretenderem mudar a administração.

  5. Pingback: As requisições civis de 1977 e 1997 na TAP | O Insurgente

  6. Gil

    Tounaboa:
    “Afinal todos os potencialmente interessados na TAP, já afirmaram não pretenderem mudar a administração”.

    Esse é um dos problemas. Convinha que esse “administradores” explicassem o que se passou com a história da Varig.

  7. Pulga

    Assim sendo, então a requisição civil faz pouco sentido, uma vez que há outras opções.

    Mas o articulista engana-se (mais uma vez… ai, ai, ai os detalhes….), ao afirmar que “Esqueçamos ainda que no Porto não existe uma única rota entre as mais populares na qual não haja já alternativa à TAP.” Assim de repente:

    – Nova York
    – São Paulo
    – Rio de Janeiro
    – Caracas

    E há outras. A não ser que Nova York não seja popular.

    (FONTE: http://www.ana.pt/pt-PT/Aeroportos/Porto/Porto/Partidas/DestinoseCompanhias/Paginas/destinoscompanhia.aspx)

    Quanto a voos para os Açores, não deixa de ser engraçado que a tão propalada liberalização do espaço aéreo Açoriano, que tantos batem palmas, tenha deixado até a Terceira sem voos que não os da TAP e da SATA (já para não referir Pico, Horta e Santa Maria).

    Privatização? Sim, claro. Mas salvaguardando o interesse nacional. O que não está minimamente garantido.

  8. Pingback: A greve da TAP vista do Porto | O Insurgente

  9. Fernanda Bettencourt

    Pessoalmente, quando quero ir diretamente do Porto da Terceira, tenho de apanhar um avião da Sata. Não tenho conhecimento de que a Tap faça essa rota… o que é estranho, tendo em conta que sou terceirense e vivo no Porto.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.