Destruição de valor

O meu artigo de sexta-feira passada no DE.

«O caminho seguido pela PT foi reduzindo o leque de opções estratégicas que esta tinha, numa demonstração clara dos perigos da intromissão política na gestão de empresas, até que a sua falta de liquidez (e dos seus acionistas) ditou a inevitabilidade da sua entrega a novos donos. Um negócio trágico, que na melhor das hipóteses foi um erro de cálculo monumental; e na pior, um conto do vigário de proporções épicas.»

3 pensamentos sobre “Destruição de valor

  1. E não tenhamos memória curta! Em 2010, a PT recebeu mais de 5,6 mil milhões de euros na venda da VIVO á Telefónica. E segundo o relatório e contas de 2011, esse capital serviu tão somente para satisfazer os acionistas com a distribuição de resultados na integra. Isto revela o quanto era fraca a equipa de gestão da PT. Uma empresa que deteve uma posição invejável nas telecomunicações nacionais, e ainda tem, mas que dificilmente irá recuperar o que perdeu na Oi, no Brasil.

  2. JP

    Essa gente andou a mamar (não adianta poupar no vocabulário) na herança pública e agora há concorrência que obrigou a lutar pela vida. Tiveram azar: meteram-se o filósofo mais rápido do mundo e com uns muchachos especialistas em atuar no mercado sem concorrência. Quando escolheram o parceiro no Brasil foram atrás de uma rede primitiva para terem espaço para crescer, mas não sabiam quem era a Oi, nem como o Brasil funciona. Julgaram que iam chegar lá como em 1500 e encontrar uns índios de penas na cabeça a prestar vassalagem (erro muito comum em muita gente que para lá vai). Tiveram azar e encontraram o PT lá do sítio, que por acaso até já tem um historial interessante com a PT, de reuniões esquisitas no planalto e transferências também via Macau. Já tudo bem documentado do lado de lá. Acontece que os “índios” lá do sítio estão para a portugalidade e para os irmãos lusos como o Ferro Rodrigues estava para o segredo de justiça.

    Curioso que a história das urnas de voto que corre no Brasil também tem ligação a uma operadora qualquer 🙂

  3. Balio

    O que mais ha por este mundo fora sao empresas privadas – e sem intromissao de Estados – cuja falta de liquidez dita a sua venda a novos donos. O destino da PT e tudo menos excecional.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.