Acerca das presidênciais brasileiras

Comentário de um português a residir no Brasil

Aí estão os resultados que o Brasil esperava: Dilma (PT) e Aécio (PSDB) vão discutir a eleição para presidente do Brasil numa segunda volta. Sem dúvida que a passagem de Aécio à segunda volta no lugar de Marina Silva é uma réstia de esperança para este País. Aécio pertence ao PSDB, o partido de Fernando Henrique Cardoso, o presidente que preparou o terreno e criou as condições para a cavalgada de Lula da Silva, o maior embuste das últimas décadas. O Brasil de Lula cavalgou a …onda da crise financeira mundial, em que os investidores transferiram capital dos Estados Unidos e da Europa em crise para os paises emergentes, isto em paralelo com compras de matérias primas por parte da China que dificilmente se repetirão. Estes factos levaram a que o Brasil em 2010 crescesse 7,5% e achasse que tinha resolvido os problemas históricos e crónicos que o assolam. Dilma (uma criação de Lula) chegou a viajar para a Europa explicando como a Europa devia resolver a sua crise (perante os silêncios e risos trocistas de muitos). Claro que os tempos mudaram e os problemas nunca resolvidos ficaram novamente à vista de todos. O Brasil este ano deverá crescer perto de 0% e encontra-se já em recessão técnica. Como costume, estas políticas “bolivarianas” não têm sustentação e quem tira e não repõe acaba por bater contra a parede. Onde foi que eu já vi isto? Não sei se Aécio é a resposta. Acho que o problema do Brasil é bem mais profundo e sem políticas estruturais profundas (que não sei se a a população está preparada para aceitar) não me parece que a situação se resolva nas próximas décadas. Uma coisa eu sei, o Brasil não aguenta mais um governo do PT. Este País merece outra sorte.

8 pensamentos sobre “Acerca das presidênciais brasileiras

  1. JLeite

    Não conheço o Brasil, mas sendo aquela gente, em boa parte, descendente de portugueses não me custa a acreditar que o problema deles deve ser parecido ao nosso.

  2. Lucas Galuxo

    Vivi 6 anos em São Paulo. Até há pouco. Acho que o Brasil é um país tão rico e com tanta gente competente e optimista que nem os filhos do Boaventura, nem os filhos das ortodoxias do FMI ou sequer os profissionais da volatilidade, conseguirão travar o seu desenvolvimento. Com Dilma ou Aécio o Brasil seguirá em frente.

  3. Lucas Galuxo,

    Não despreze o poder construtor do comunismo. Coreia do Norte (que, aliás, está provavelmente por estes dias a mudar de regime, segundo a boatada) comparada com Coreia do Sul é montra do que digo.

  4. Lucas Galuxo

    Francisco Colaço, Comunismo ou Neoliberalismo são papões do tempo da Maria Carqueija. Tal como certas presunções primeiro mundistas. Um país onde uma filha de um seringueiro, um neto de um presidente e uma ex-guerrilheira disputam eleições taco a taco, sabe cuidar de si.

  5. lucklucky

    É a Cultura do Socialismo.

    “…sabe cuidar de si.”

    Certo, especialmente com os mensalões. Note-se que está no plural.

  6. Lucas Galuxo,

    O Brasil tem uma resiliência que é admirável. Não precisa do nosso conselho para nada, isso dou de barato. Mas se o comunismo petista é tão bom, o Brasil não estaria neste momento a entrar ou já em recessão.

  7. Pingback: Acerca das presidênciais brasileiras | O Insurgente

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.