O livro que o Ocidente se esqueceu de ler.

 

E que quando o terminei há 6 anos, desejei não ter de o ir buscar novamente à minha estante.

Anúncios

3 thoughts on “O livro que o Ocidente se esqueceu de ler.

  1. CN

    Enquanto forem russos mas não comunas a quererem ser russos mas não comunas, não vejo motivos para guerra fria.

  2. lucklucky

    Então Russos com direitos sobre os vizinhos já pode ser, se forem Comunas já não?
    E ex-Comunas/KGB como o Putin?

  3. Alexandre Portugal

    Putin é igual a qualquer antecedente seu no cargo. E não, não falo de Ieltsin. Refiro-me mais a Andropov, Chernenko, Brejnev ou mesmo a qualquer um dos czares da dinastia Romanov: o leste, para a Rússia, é Russo.

    A Rússia sempre achou que a própria existência da Ucrânia foi um erro, como um erro é a Polónia independente ou os independentes países bálticos.

    Da próxima vez que quiserem maltratar o Liberalismo, lembrem-se que um País que dependa do poder de compra dos Países para os quais exporta não tem qualquer interesse em deprimi-los ou aniquilá-los, antes pelo contrário.

    Esse é o toque de midas da UE e é o factor decisivo que afastará a Rússia do conflito armado com o Ocidente. Afinal, a quem venderão o petróleo e o gás natural no dia seguinte, que é a base da sua economia?

    Até, tudo como dantes: A Europa é gigante económico, um anã militar e um pigmeu diplomático, ainda por cima coxo.

    pensamentoliberalelibertario.blogspot. pt

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.