O Interpretador Autêntico

O vice-primeiro-ministro, Paulo Portas, considerou nesta terça-feira que as declarações da directora do FMI sobre o crescimento da economia espanhola “foram um lapso involuntário”.

Christine Lagarde defendeu na segunda-feira, numa entrevista à Radio Classique, que Espanha é o único país da zona euro a progredir devido às reformas estruturais que começam a dar resultados.

“O único país que progride”, apesar de não ser suficiente para absorver a bolsa de desempregados, “é a Espanha”, afirmou Christine Lagarde na entrevista à emissora francesa.

Pegando precisamente na taxa de desemprego de Espanha, que está nos 25% e recordando a redução do mesmo indicador em Portugal, Paulo Portas afirmou que as declarações da directora do FMI só podem ter sido “um lapso, que acontece a todos”.

4 pensamentos sobre “O Interpretador Autêntico

  1. António

    Quer as declarações de Lagarde quer as de Paulo Portas carecem muito largamente de um evidente enquadramento substancial. Tanto um como outro afirmam coisas que as economias de ambos os Países por si só não evidenciam.

  2. Rui

    uma vez que reduzir o desemprego passa por reduzir o número de pessoas de emprego em Portugal, quanto pior estivermos melhor para a taxa de desemprego…

  3. Rui

    pretendia escrever “uma vez que reduzir o desemprego passa por reduzir o número de pessoas à procura de emprego em Portugal, quanto pior estivermos melhor para a taxa de desemprego…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.