Incompatibilidades aeronáuticas

Ryanair_cabinHoje foi notícia que os resultados da TAP para o primeiro semestre do corrente ano foram de 84 milhões de euros… de prejuízo. Cerca de um mês atrás a Ryanair apresentou os resultados para o primeiro trimestre fiscal (Abril a Julho): 197 milhões de euros… de lucro.

Também foi hoje notícia (visto na SIC mas, que eu saiba, ainda não replicado na imprensa escrita) que o primeiro-ministro português, Pedro Passos Coelho, viajou para Bruxelas na Ryanair, não para aliviar um bocadinho de nada a carga fiscal dos contribuintes mas por “incompatibilidade de horários com vôo da TAP” (Mário Pinto obrigado pelo comentário).

11 pensamentos sobre “Incompatibilidades aeronáuticas

  1. HL

    Caro F, veja a reestruturação anunciada pela Malásia airlines e diga se alguna vez é possível fazer algo parecido com a TAP (era bom que tivéssemos mecanismos na lei das insolvências para realizar rápido e numa magnitude dessas uma reestruturação)…

  2. A. R

    Logo que se fala de privatização os sindicatos mexem-se: aparecem as greves, as anomalias técnicas, as avarias, os casos e outras vicissitudes que tornam ainda mais horrível o negócio.

  3. Informo que o Jornal de Notícias de ontem trazia a informação de o nosso 1º M viajar na Ryanair por imcompatibilidade de horário da TAP. Será isso ou cagufes de cair ou chegar atrasado?

  4. Manolo Heredia

    Provisões, acréscimos e diferimentos… o resultado liquido de uma empresa é “aquilo que um homem quiser”…

  5. Carlos

    É, tudo isto faz parte de uma campanha para desacreditar a companhia. Foi essa a reacção há uma semana a um post do CGP que comparava os preços da TAP com as low-cost. “Tudo se tem feito para desacreditar a companhia”. Uma semana apenas, 2 incidentes com aviões (um voltou para trás e outro parou a meio da viagem) e agora noticias de prejuizos. No fundo quem desacredita a TAP não são os clientes insatisfeitos, é mesmo a própria TAP.
    Desta vez pelo menos não podem vir para aqui dizer que é uma empresa “muita-boa”, porque rende dinheiro ao estado ou é campeã nas exportações. Até pode ser campeã, mas de que vale isso se depois dá prejuizo? Até pode crescer imenso, mas de que vale isso se depois deixa passageiros em terra ou não os consegue levar ao destino?

  6. HL

    É natural que a TAP n\ão tenha lucro, mesmo que tivesse seguramente se usaria técnicas contabilistas para evitar essas situação, pois é uma empresa que suporta custos políticos brutais bem como tremenda pressão sindical.

  7. rmg

    Incidentes com aviões?
    Acendem umas luzes de aviso no tablier e é óbvio que tem que se dar atenção e ver o que é.

    No meu carro também acendem, os carros mais recentes e razoáveis acendem luzes por tudo e por nada, desde que sejam amarelas sigo viagem com cuidado e depois passo pela oficina para o ligarem à “máquina”, a maior parte das vezes são falsos avisos do sistema (como foi o caso num destes incidentes).

    O problema é que têm que ser verificados e apagados do sistema central pois, não o sendo, podem lá ficar e encobrir situações posteriores mais graves.

    Como um carro se encosta à berma ou se leva até à área de serviço seguinte, o mesmo acontece com os aviões, é preciso pousá-los.

    Estas caixas de comentários se tivessem por aqui umas pessoas com sentido prático e algumas noções básicas de equipamentos em vez de gente que só sabe mudar lâmpadas, não se liam tantas asneiras.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.