A Sério, Costa?

António Costa falou ontem sobre “três questões políticas” de curto prazo. A saber:

  1. ASerioCostaLutar por uma nova leitura do tratado orçamental que se ajuste às metas do ciclo económico de modo a “cumprir as necessidades da dívida mas também de investimento” – resumidamente, mais défice, mais dívida e condescendência da União Europeia.
  2. Pedir uma maioria absoluta, excluir o entendimento com os actuais PSD e CDS e abrir a porta a um entendimento com os partidos mais à esquerda – medo.
  3. Implementar “um plano de recuperação económica e social” que consiste em “travar a austeridade para dar confiança”, dar “estabilidade das pensões já formadas” e recorrer ao BCE, ao BEI e ao próximo Quadro Comunitário de Apoio para “capitalizar as empresas” – também mais défice e mais dívida ao mesmo tempo que se espera que a Europa continue a transferir indefinidamente fundos para cá.

A sério, Costa? É este o melhor calibre que o nosso sistema político consegue produzir?

7 pensamentos sobre “A Sério, Costa?

  1. tina

    O homem da graxa e dos entendimentos, julga que a União Europeia vai ceder ao seu charme irrestível, ainda não percebeu que os outros países estão fartos de nós e que os próprios portugueses querem sair desse caminho despesista e irresponsável.

  2. alvez

    há aqui várias dissonâncias semânticas … ora vejamos: défice e dívida, no léxico socialista (de direita e de esquerda) significa na realidade crescimento e emprego … tal como outrora inflação e criação monetária …

  3. Jose

    O caminho da virtude é longo mas este Costa quer encurtá-lo! Eu cá por mim quero sofrer para redimir os pecados : gastei de mais , acima das minhas possibilidades não me dei conta de que tinha que pagar as PPP da saúde, das auto-estradas, as rendas das eléctricas e das energias renováveis, dos lixos, o BPN, o BPP o Banif o BES e o seu grupo , subsidiar a Autoeuropa e outros projectos que nem sabia que existiam e de caminho continuar a engordar o estado , subsidiar os partidos ,os deputados, a goldman and Sachs e até subsidiar a Alemanha através da libertação dos seus bancos com os encargos dos empréstimos que tão generosamente concederam ….Por isso estou preparado para aguentar com humildade e agrado um futuro default e tudo o mais para que não voltemos,nem eu nem os meus descendentes até à 3ª ou quarta geração , a ter veleidades. Agradeço aos que me fizeram e fazem ver a Luz: Sócrates, Passos Coelho , Seguro, Costa , Jerónimo , Louça, Portas , mas não quero deixar de desejar um grande Bem Hajam a Cavaco, a Costa ( o do BdP ) ao bem humorado e piadético de finíssimo recorte Vitor Gaspar, e a todos os outros e não são poucos que gastando em meu nome mais não estavam a fazer que a mostrar- me o caminho da verdade!
    BEM HAJAM!

  4. JP

    Nos pontos 1 e 3 isto faz-me lembrar duas coisas: o Vale e Azevedo a explicar que é pobrezinho, e uma peça de circo em que o palhaço goza com a assistência toda e no fim recebe aplausos. O ponto 2 pode ter outra explicação – ele já percebeu que o PS vai sair rachado ganhe quem ganhe, e mesmo que ganhasse primárias e legislativas, iria haver muita fuga de votos para os escapes de esquerda, incluindo os ridículos, comprometendo-se a ele e principalmente ao país.

    Aguardo com interesse o comentário dele e de muitos mais relativo às afirmações de João Salgueiro esta semana, quando disse que a dívida hoje é esta, que é a dívida registada, porque antes (governo anterior) havia a não registada. Deduzo até que pela natureza nacional e pública, isto fosse mais grave que o BES, para os políticos e para a justiça, mas parece que não. O BES é mesmo maior do que Portugal. E é constitucional, ao contrário dos cortes.

  5. Ainda anda o Costa com o neologismo bacoco do implementar. Engraçado que o verbo implantar significa realizar, concretizar. O verbo implementar significa fingir querer que se deseja que se prevê implantar alguma coisa.

    Ainda bem que a república foi implantada. Se fosse implementada tínhamos de aturar o Dom Duarte Pio, certamente boa pessoa mas muito pouco carismático.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.