À atenção dos (ainda) clientes da TAP

Todos os passageiros de vôos cancelados têm, de acordo com a legislação Europeia, direito a serem indemnizados, mesmo que seja encontrado um vôo alternativo à mesma hora. Da mesma forma, a companhia aérea também é obrigada a indemnizar se o vôo chegar mais do que duas horas atrasado, salvo se acontecer devido a mau tempo ou greve. A esmagadora maioria dos passageiros desconhece os seus direitos ou ficam intimidados pelo facto de terem que apresentar a o pedido de indemnização directamente à companhia aérea. Para esses, fica aqui a página da Airhelp, onde podem submeter online os seus pedidos de indemnização. A Airhelp trata do processo e retém uma parte da indemnização.

Para os que não conhecem, fica aqui a tabela com as indemnizações a que os passageiros têm direito:

TAP

Não vale a pena deixar dinheiro na mesa.

Nota adicional: a tabela anterior pode ser aplicada a vôos passados também desde que tenham ocorrido nos últimos 3 anos. A Airhelp tem um app que permite procurar na sua caixa de correio electrónico vôos passados que tenham chegado atrasados.

10 pensamentos sobre “À atenção dos (ainda) clientes da TAP

  1. tina

    Se dantes eu já não queria voar nesta companhia aérea embuída de cultura de estado, em que os clientes estão no fundo da lista de prioridades, agora ainda menos que os aviões começaram a largar peças pelo caminho.

  2. Rui Ferreira

    A TAP tem vindo a cancelar cerca de 15 voos por dia. 15 voos, com uma média de 170 passageiros, são mais de 2.500 passageiros com voos cancelados por dia. Tendo cada um destes passageiros direito a uma média de 400€ de indemnização (voos para a Europa), estamos a falar de 1 milhão de euros por dia.

    Com 1 milhão de euros de indemnizações diárias (a que se acrescem todas aquelas dos inúmeros atrasos nos voos da companhia), as contas são simples de se fazerem: Ou os passageiros estão a ser largamente lesados nos seus direitos (a maioria deles por desconhecimento dos mesmos) ou estamos perante um assalto à mão armada ao erário público, tal a dimensão dos potenciais prejuizos.

    Esta companhia não tem condições de serviço mínimo para operar no espaço aéreo europeu, muito menos com o dinheiro dos contribuintes portugueses.

  3. Valinho

    Se calhar vai dar jeito, por causa de um voo de regresso da madeira que so chegou com 4 horas de atraso à portela, e que deu direito a “escala” no porto…

  4. SERGIO

    Viva.

    E quando se trata de voos intercontinentais, com companhias não europeias?

    Exemplo: país africano com destino a Portugal, na Qatar Airways?

  5. Caso o PS vença as próximas legislativas, vale a pena ler o que disse António José Seguro sobre a TAP, a companhia terá futuro. Aumenta-se o capital. Já sabemos quem irá suportar tal decisão, o contribuinte, actual ou futuro…

  6. Pingback: O cancelamento de voos na TAP | O Insurgente

  7. Pingback: A propósito da greve e cancelamento de voos na TAP | O Insurgente

  8. Pingback: TAP lidera rankings internacionais | O Insurgente

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.