Nem todos perderam a memória (2)

Intervenção e entrevista de Rómulo Machado (um dos signatários do manifesto) em 2011 no congresso do PS.

(via Fernanda Bettencourt no facebook)

ADENDA: Um perfeito exemplo do culto ao líder referido por Rómulo Machado. É claro que quem o ousa criticar só pode ser movido pelo ódio e estar aliado aos inimgos.

8 pensamentos sobre “Nem todos perderam a memória (2)

  1. Francisco

    Dada a coerência transmitida é gente como este que o socialismo precisa. Parabéns pela coragem.

  2. JMS

    Ia fazer um comentário sobre o que li no link (Aspirina B) da adenda mas desisti.

    Incrível como a Coreia do Norte faz escola em Portugal.

  3. JP

    O comentário do presidente do partido à intervenção é exactamente o comentário que ele diz não ir fazer, caso contrário estaria calado como se fosse uma intervenção como outra qualquer, só que o presidente e quase os outros todos que lá estavam iam nus, e os restantes ficaram calados. Coisa do quarto mundo, que é a miséria que se vai passar daqui a meses nas primárias, com o poder na mira e nada mais.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.