Que força é essa?

A marcha é contra a “emigração forçada” mas há quem se recuse a emigrar.

2 pensamentos sobre “Que força é essa?

  1. Miguel A. Baptista

    De facto é uma ternura ver o Arménio Carlos e a Ana Avoila na manifestação dos jovens. Que teenagers tão frescos e desempoeirados!

  2. Rogerio Alves

    Não tenho problemas com manifestações seja do que for. No entanto, esta,é apenas uma manifestação programada e planeada para fazer parte de agenda – no caso em causa, da CGTP, especialista neste tipo de política. O assunto pouco interessa. Desta vez é contra a emigração “forçada”, da próxima será outra coisa qq, se calhar com os mesmos participantes. Por isso, nem me interessa muito analisar o assunto, mas se o quisesse fazer deveria dizer que me custa muito ver a questão de “serem obrigados a emigrar”. Emigrar é uma opção, uma procura de um melhor emprego, de melhor vida, etc. Quantos não deixaram um emprego para trabalhar noutra coisa melhor. A emigração tem mais efeitos colaterais, é verdade, mas é sempre uma opção….

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.