The Fall of France

Newsweek, sobre a República que é a inspiração de Tó Zé Seguro. Excerpto:

From a senior United Nations official who is now based in Africa: “The best thinkers in France have left the country. What is now left is mediocrity.”

From a chief legal counsel at a major French company: “France is dying a slow death. Socialism is killing it. It’s like a rich old family being unable to give up the servants. Think Downton Abbey.”

Taxe de luxe

10 pensamentos sobre “The Fall of France

  1. lucklucky

    Já vem de muito antes do Sarkozy, mas o Hollande pòs o pé no acelerador.E não é só a França infelizmente.

  2. JS

    Exemplo do perfil de rendimentos dos que “nos” representam, versão EUA, claro.
    Sobre as alminhas que discutem e decidem quanto -como e quem- vai pagar de impostos, como vai ser -ou não vai ser- o auxilio ao desemprego…, eis alguns factos.
    Dos 535 Congressistas nos EUA, 268 são milionários !!! (números de 2012).
    (Congresso= “Representantes” são 435, “Senadores” são 100).
    Curiosamente os vinculados aos interesses à esquerda, os Democratas, pesam 1.105.504Dls, média por alminha, contra os defensores das causas dos ricos, os Republicanos, “os glotões da direita”, com média “só” de 1.000.510Dls per capita….

  3. k.

    lol

    De facto, podiamos substituir no texto “hollande” por “passos”, e o texto continuaria a fazer sentido!

  4. Luís Lavoura

    (1) Nunca, que eu saiba, A.J. Seguro afirmou que a França fosse a sua inspiração.
    (2) A palavra “excerto” não tem (nem nunca teve) p antes do t.

  5. Para António José Seguro, o resultado obtido pelo candidato socialista nas presidenciais francesas representa “uma nova esperança, uma nova primavera para os povos europeus”.
    “Precisamos de colocar como prioridade das políticas europeias o emprego e o desenvolvimento económico, e é isso que François Hollande propõe”, acrescentou o líder do PS, reafirmando ser esse o caminho para a “saída da crise”, pelo que espera uma “grande vitória” de François Hollande na segunda volta das presidenciais, a 06 de Maio.

    Luís Lavoura,

    L’inspiration est toujours la, mon cher, noir au blanc. C’est a vous de la voir. S’il, par votre insuffisance, devient nécessaire, des autres exemples seront fournis.

  6. Miguel Noronha

    “Para António José Seguro, o resultado obtido pelo candidato socialista nas presidenciais francesas representa “uma nova esperança, uma nova primavera para os povos europeus”.”Precisamos de colocar como prioridade das políticas europeias o emprego e o desenvolvimento económico, e é isso que François Hollande propõe”, acrescentou o líder do PS, reafirmando ser esse o caminho para a “saída da crise”, pelo que espera uma “grande vitória” de François Hollande na segunda volta das presidenciais, a 06 de Maio.”http://economico.sapo.pt/noticias/seguro-diz-que-vitoria-de-hollande-e-lufada-de-ar-fresco_143128.html

    “Verifico que há uma convergência de pontos de vista, que ficaram bem patentes na reunião que tive com o presidente de França, na quinta-feira passada”, no Palácio do Eliseu, em Paris, referiu o líder socialista.
    http://www.publico.pt/economia/noticia/seguro-satisfeito-por-hollande-defender-posicoes-convergentes-com-as-suas-para-portugal-1567810

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.