Imploro: podem, de uma vez por todas, poupar-me ao esgoto verbal de Mário Soares?

Eusébio morreu, percebi logo de manhã que o facebook ia ficar maluco com o assunto; os miúdos tomaram conta da televisão com o Panda (do que fiquei muito grata, uma vez que os jornais me avisaram que Cavaco ia fazer uma comunicação ao país); às tantas comecei a ler As Primeiras Coisas do Bruno Vieira Amaral (o livro da Charlotte Mendelson que lia, à volta das desventuras de um professor de história de Oxford numa encruzilhada de carreira e das suas duas filhas adolescentes, tornou-se intolerável e vai ficar a meio); à tarde estive em casa de amigos num fim de mundo (também conhecido por Ericeira – isto, claro, é uma provocação a um insurgente fã do local) onde três conjuntos de irmãos sub-8 se encarregaram do folclore e agitação; e aquilo foi um chá de meio (bem, fim) da tarde e jantar de sportinguistas (todos nós, curiosamente, mesmo os que como eu, para escândalo de todos os homens da minha família, duvidam da utilidade de transmitir aos filhos o gosto por uma equipa que nunca ganha nada) ressabiados que nem por uma vez referiram Eusébio. Passei o dia, portanto, protegida das palavras de Mário Soares (podem ouvir aqui) e só dei por elas bem à noite, quando o mesmo facebook estava maluco (também) com isso.

É certo que Soares tem feito figuras muito tristes nas suas intervenções políticas, mas que se insulte um homem (e a sua família, e no caso é indiferente se foi Eusébio e o mérito de Eusébio) no dia da sua morte, dizendo que era inculto, que bebia muito whisky mas que tinha pensado que não lhe fazia mal (tradução: a cor de pele de Eusébio e o facto de ser um brutamontes inculto que servia para jogar futebol deviam protegê-lo dos malefícios que o excesso de whisky traz às pessoas brancas e cultas e delicadas como Soares) ou que Eusébio comia nos locais onde Soares almoçava, isto já nos leva para um nível indecoroso que nem Soares (pelo menos em público) havia alcançado. E torna tudo pior que Soares insulte no meio de outras palavras menos ofensivas e supostamente simpáticas, insultando em tom de quem elogia. Daquela forma que pessoas que até beberam chá em pequeninas, mas têm a infelicidade de este, helás, não conseguir dissolver-lhes ranço do coração e da alma, se especializam e que é uma daquelas coisas que com a idade se me têm tornado insuportáveis, que saber insultar com lisura também é uma virtude.

Isto tudo para chegar a duas coisas. A primeira. Digo já, para não dizer no dia em que o senhor morrer, que Soares pode ter sido relevante politicamente em tempos que eu não tenho idade para lembrar, mas que, do que tenho memória, Soares é uma criatura malcriada, arrogante sem que eu alguma vez tenha conseguido vislumbrar qualquer génio político (pelo contrário) ou nível cultural diferenciado, que se tornou num ótimo exemplo de pessoa que não envelhece bem, pequeno a ponto de só se mover por vaidade própria ou por ódios a quem lhe disputa ou disputou o palco, na verdade, do que conheço, uma pessoa medíocre. A segunda. Peço encarecidamente aos jornalistas – já que a família de Soares ou não o consegue controlar ou sofre da falta de discernimento do patriarca – que sejam caridosos e se abstenham de dar a Soares oportunidade de se cobrir de (mais) ridículo. Era uma boa ação vossa e uma medida sanitária para o resto do país.

41 pensamentos sobre “Imploro: podem, de uma vez por todas, poupar-me ao esgoto verbal de Mário Soares?

  1. tina

    Quando o Bochechas perdeu as eleições do PE, chamou dona de casa a Nicole Fontaine. Agora, quando vê que Eusébio tem uma popularidade a que ele próprio nunca poderá aspirar, também tenta deitá-lo abaixo. É tão patético o “pai da democracia” portuguesa.

  2. joao

    A morte de um homem Bom como Eusébio é imune às cretinices de indigentes mentais como o referido e outros mais que hoje pululam por aí nas redes sociais criticando a homenagem, a mediatização, os 3 dias luto etc….Passar ao lado.

  3. Pingback: A propósito de «A morte dos mitos» |

  4. Monti

    Um dia, se tiver oportunidade de viver mais, dirá como um seu acólito e ex-Inatel: Eanes? um vulgar militar do exército.

  5. franlapin

    O comentário do Dr. Soares à morte de Eusébio, tem pelo menos o mérito de tornar definitivamente claro (pelo menos para alguns) que o homem não está bem da cabeça. No futebol e na politica. Tão cedo não aula magna que lhe valha.

  6. JS

    Outra coisa não se pode esperar. Já não sabe disfarçar.
    Politico com uma visão restrita do que é o bem comum. Partidária, marcadamente em benefício pessoal, que, infelizmente, extravasou para o País, graças a sistema político enquizilado, dito “democrático”, que ele próprio sempre patrocinou.

  7. Andre

    Ouvi em directo as declarações e também fui partilhar esta pérola no facebook. Não partilho muito, mas está merecia!

    Depois, ao longo do dia, apercebi me que a imprensa mostrava todo o tipo de reacções de todas as personalidades conhecidas, de todos os campos. Todos os líderes políticos tiveram oportunidade de falarem.

    Mas de soares nada. E a imprensa que gosta tanto da polêmica dele. Pensei para mim: está foi mesmo passar a linha vermelha decência e nem a imprensa tem coragem de a relatar. Este facto está se a tornar “semi-virão” no facebook e espero que aumente pois mesmo aqueles que defendem as suas bárbaras palavras a incitar a violência, possam perceber o homem em que ele se tornou. Porque o passado, admito, até fez bem a Portugal (mas sempre melhor a ele, claro!)

  8. rmg

    Murphy

    Mas não foi , quem vive de “ses” não vive porque isso é coisa que não leva a lado nenhum .
    E eu , que admirei Soares durante muitos anos e agora só o lamento , não percebo como é que V. ainda o deita mais abaixo (julgando porventura defendê-lo) com uma comparação dessas .

  9. tina

    O que também deve irritar muito o Marocas é que enquanto Eusébio era conhecido por Pantera Negra, ele não passa do Bochechas.

  10. Francisco Miguel Colaço

    «O que também deve irritar muito o Marocas é que enquanto Eusébio era conhecido por Pantera Negra, ele não passa do Bochechas.»

    Depende. Muitos como eu acrescentam ao Bochechas outros nomes, todos eles inomináveis e picarescos.

  11. Comunista

    Ò murphy se a CS éde esquerda porque é que na televisão, que é o meio de comunicação com mais influência – sem comparação mesmo -, a maioria dos comentadores políticos são do PSD?

  12. lucklucky

    “Ò murphy se a CS éde esquerda porque é que na televisão, que é o meio de comunicação com mais influência – sem comparação mesmo -, a maioria dos comentadores políticos são do PSD?”

    Porque o PSD é o alibi para a Esquerda fingir que há direita em Portugal?

  13. Comunista

    “Swaps, ppps, bpns e banifs que o PCP tanto gosta.”

    Pois. E a seguir o coelhinho foi com o pai natal e o palhaço no comboio ao circo.

  14. murphy

    Maria João Marques e rmg, se tivessem lido o texto que o link aponta, penso que não teriam feito os V. comentários.

    A crítica era dirigida ao tratamento mediático e aos “filhos e enteados” do jornalismo português.

    Já agora, alguém sabe se os telejornais das 20h fizeram referência às declarações de Soares ou foram convenientemente “escondidas”?
    (queria ver mas não me foi possível…)
    Cumprimentos.

  15. ALP

    Tente ser mais objectiva na crítica. Se as declarações de Soares são más (e são muito más, péssimas), a sua liberdade no que chama de “tradução” (ou a sua interpretação) das palavras de Soares é, no mínimo, pobre. As declarações de Soares, tal como referiu, são atenuadas pela senilidade própria da idade. O que desculpabiliza as suas!? Um aparte : não necessita ter vivido no tempo em que Soares foi relevante para o País para aferir da sua (maior ou menor) importância. Pode instruir-se sobre o tema – concerteza não precisou de viver no tempo de Neruda para reconhecer nele um escritor de excepção, nem tão pouco precisou de ser do século XIX para apreciar uma ópera de Verdi.

  16. Comunista

    “Já agora, alguém sabe se os telejornais das 20h fizeram referência às declarações de Soares ou foram convenientemente “escondidas”?”

    Você pergunta portanto se em dia de funeral do Eusébio as televisões deram destaque às referências de Soares consumo de whiskey de manhã?!

    Grande imbecil.

  17. Pingback: Era “só” um futebolista | O Insurgente

  18. tina

    “Grande imbecil.”

    já era tempo de proibir o Comunista de comentar aqui, O que ele quer fazer é abandalhar a caixa de comentários como fizeram no Blasfémias.

  19. Pingback: Era “só” um futebolista | Ricardo Campelo de Magalhães

  20. Comunista

    Ò tina vai ver o que aqui chamam ao Mário Soares e depois volta cá para moralizar a caixa de comentários.

  21. Comunista

    Você está enganado. O que eu estou a dizer é que se alguém aqui diz de outro que é um esgoto, seja quem o outro for, parece-me ridículo querer achar que usar o termo imbecíl é uma grande coisa – especialmente se tivermos em conta que o termo foi para a ideia de que se deveria reproduzir em massa as declarações de Soares, falando de whiskeys de manhã e de tarde, no dia de homenagem a Eusébio. Queriam então que o tema fosse um suposto alcoolismo de Eusébio no dia do seu funeral – isto para castigar Soares. São estes que depois vêm armados em defensores do Eusébio quando, afinal, estavam dispostos a sacrificar o dia de homenagem só porque acham que ía prejudicar Soares.

  22. JPT

    Por uma vez, concordo com o Comunista: Se tivesse voto na matéria também não reproduzia num jornal, rádio ou tv a porcaria que esse cidadão disse, mesmo sacrificando a hipótese de mostrar a má-rês que ele é (convicção que tenho há mais de 30 anos, cada vez menos só). É que o Sr. Eusébio merece, sem dúvida, esse “sacrifício”. Admito, no entanto, que essa não terá sido a motivação de alguns “censores”.

  23. Maria João Marques

    Comunista, aprenda a ler. Eu não chamei esgoto a soares. Chamei ‘esgoto verbal’ ao que a criatura diz.

  24. Rui Cepêda

    “Grande imbecil”
    Concordo inteiramente com a Tina. Há limites que a simples boa educação não permite que se ultrapassem. Além de incomodativo, cumpre com excesso de zelo a função que o partido lhe atribuiu. A omnipresença deste ou destes comuna(s), creio que não é só um, chega ao ponto de por vezes terem mais comentários publicados, do que todos os outros somados. O que eles querem é troco. O Blasfémias está praticamente ilegível.

  25. Comunista

    Aqui no blog os bem educadinhos não se importam de acusar os juizes do TC trair o seu juramento defendendo que decidem em função do seu interesse pessoal, não se importam de acusar os juizes e corrupção moral porque afinal de contas isso pode muito bem ser feito sem usar a palavra corrupto. A estes bem educadinhos, que são capazes de ofender quem bem querem, e que depois vêm escandalizados porque algúem chama a um deles imbecil, eu chamo-lhes hipócritas.

  26. Sem saber quem eras, quando li o post, depois reparei no porquê da familiaridade da forma genial pela qual te exprimes, Maria João.
    Efectivamente, jamais poderias negar de que família és, com que valores foste criada!!!
    Excelente post, que partilhei na minha própria página!
    Muitos parabéns! Que mantenhas sempre essa irreverência educada, essa capacidade de análise e crítica, Maria João!
    Bem-hajas por me teres ajudado a complementar os comentários que já teci acerca desta criatura verborreica!

  27. António

    Boa tarde,
    uma pessoa amiga enviou-me um link para este texto, que eu li atentamente e dou os parabéns à autora pela forma como o escreveu, não subscrevo, contudo, é o seu conteúdo, que é um vómito, como é óbvio. Creio que a melhor forma de o resumir é mesmo com palavras da autora: “saber insultar com lisura também é uma virtude”.
    Foi isso que a autora procurou fazer com este texto: saber insultar com lisura. Isso é uma virtude que não está ao alcance de todos, mas pelos vistos é um dote da autora!
    Parabéns pelo verbo!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.