Tem Tudo Para Correr Mal

Este governo, o tal de ultra-mega-neoliberal, prepara-se para criar mais um banco público, com o nome provisório de Instituição Financeira de Desenvolvimento (IFD).

A mesma notícia refere um relatório interministerial que diz que a instituição financeira vai aumentar a liquidez na economia, “numa perspectiva anticíclica”. Onde é que já vi isto antes?

12 pensamentos sobre “Tem Tudo Para Correr Mal

  1. JMS

    Mais uma carrada de tachos que nos vão custar milhares de euros por ano quando têm a CGD que podia fazer o mesmo. Só podia ser uma ideia “made by” Tó Zé.

  2. Miguel A. Baptista

    O Público notícia que o novo banco do Estado vai entrar no capital das empresas e ajudar a gestão. http://www.publico.pt/economia/noticia/novo-banco-do-estado-vai-entrar-no-capital-das-empresas-e-ajudar-a-gestao-1613101.
    Parece-me bem, até já tenho uma pequena lista de empresas pelas quais tão bons gestores podem começar: RTP, TAP, Carris, Metropolitano de Lisboa, Metro do Porto, Metro do Mondego, Transtejo, Empresa de Desenvolvimento do Aeroporto de Beja…

  3. Jose

    Os esquemas continuam idênticos aos anteriores, é o porto da trafaria, é o banco, etc. Mais formas ‘legais’ de levar o dinheiro do estado para o partido/amigos do partido/privados. E o povo que pague.

  4. economista

    …mas o grande erro (e não foi o único) de PPC não foi não ter logo ter resolvido o problema do então e também ainda hoje existir o problema do inexistente financiamento da Economia Real em vez de andar a resolver o financiamento da banca privada – a principal culpada e também a ora beneficiada pela crise que nos está esfolando segundo a expressão de J. Cravinho ???

  5. APC

    “Em países que se safaram da crise muito melhor do que a Europa, será?”

    Tipo os States, onde o BLS anda a brincar ao Mantorras a usar corrector nos números? Onde num mês como o de Outubro se adicionaram 206 + 125 mil empregos mas os números dos que não participam na força de trabalho cresceram em cerca de 1 milhão, vamos brincar aos ajustamentos estatísticos?

  6. Fil

    A CGD podia fazê-lo, podia. Mas não era a mesma coisa…E quanto a bancos, não me bastava andar a pagar as fraudes dos governantes e ex-governantes no BPN como ainda pago as de “senhores” do calibre de Luis Filipe Vieira. Sinceramente, há-de haver um limite para este povo enganado e roubado…

    http://www.jornaldenegocios.pt/empresas/detalhe/estado_assume_divida_de_luis_filipe_vieira_ao_bpn.html

    Nota: Segundo a noticia “O presidente do Benfica e um sócio estão há quatro anos a ser investigados acerca do seu alegado envolvimento num esquema fraudulento que prejudicou o BPN”. Há 4 anos!?! Esperemos sentados pois…

  7. José Silva vaz

    Agora sim temos milagre econômico! Tantos postos de emprego para os políticos , boys das juventudes partidárias e tutti quanti do costume ! Estão safos! Há lugares para todos … Agora ainda mais.. Não só no Banco como nas empresas ajudadas…? Os alemães que vem participar também aprenderão com estes nossos rapazes a técnica dos nossos gestores públicos …saque sem limites ou consequências..Bem hajam os nossos governantes

  8. lucklucky

    “E o povo que pague.”

    O povo quer tirar dinheiro ao vizinho, logo deu muito poder ao regime para tirar dinheiro aos outros.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.