Uma nota sobre a descida do desemprego

var tx desemprego - PR - Nov13

Pedro Romano no Desvio Colossal

O facto mais notório é a dimensão da quebra do desemprego. A redução da taxa, de 16,4 para 15,6%, é impressionante. A imagem de baixo põe os números do INE em perspectiva, mostrando a taxa de desemprego trimestral (linha azul) e variação desta taxa face ao período anterior. Quebras desta magnitude são raríssimas, e nunca antes ocorreram em dois trimestres sucessivos.

Continue a ler aqui.

8 pensamentos sobre “Uma nota sobre a descida do desemprego

  1. k.

    Ok.
    É mesmo forte.

    No entanto, continua a poder ser explicado por maior emigração – que neste momento tem valores historicamente elevados

  2. Miguel Noronha

    Como o PR demonstra no seu post há uma estabilização da população activa o que invalida a emigração como factor explicativo. Agora não tenho acesso ao gráfico mas existiu de facto criação liquida de emprego.

  3. BGracio

    É interessante como uma análise aos dados, que são imparciais e pouco dados a opiniões políticas, se encarrega de desmentir as “verdades” que por aí vão circulando nas bocas de políticos, comentadores ou jornalistas.

  4. Francisco Colaço

    K.,

    Decréscimo populacional. A população activa desceu 135.000 num ano. (Repare que grande parte dos emigrantes ainda têm endereço fiscal em Portugal).

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.