Previsão não-meteorológica

Amanhã muita gente vai comprar o Expresso para mais um avistamento da mulher de barbas e do engole fogo.

A criatura socrática, depois de ter fornecido material aos psicólogos políticos para umas boas dezenas de livros – com a amoralidade que exerceu o cargo de pm -, agora está decidido a não parar enquanto várias teses de doutoramento da mesma classe profissional não se escreverem, estudando a forma como se presta a fazer parte de um freak show. E o mais engraçado é que a dita criatura pensa que o freak show o levará à presidência do país.

11 pensamentos sobre “Previsão não-meteorológica

  1. JP

    O triangulo entrevistado, entrevistadora, comentadora torna tudo muito mais interessante. Só falta o ex-bispo das forças armadas, a Madre Teresa de Calcutá, o milagre da multiplicação das camionetas da CGTP e um mártir na capa do CM!

  2. Lucas Galuxo

    O que certamente o ajudará a chegar à presidência do país é ver os seus detractores não se mostrarem capazes de desmontar o que ele diz e se ficarem por meros piropos. É uma grande entrevista.

  3. tina

    “Amanhã muita gente vai comprar o Expresso para mais um avistamento da mulher de barbas e do engole fogo.”

    ahahaha, perfeito!

  4. Lucklucky

    O que certamente o ajudará a chegar à presidência do país é ver os seus detractores não se mostrarem capazes de desmontar o que ele diz ”

    Quem não sabe fazer contas certamente é incapaz de desmontar o que ele diz. Embora no seu caso me pareça que é mais daqueles que não querem fazer contas.

  5. JMS

    Maria João, não está ainda totalmente descartada a hipótese da socrática figura chegar a PR. Esse personagem ainda é o herói de muita gente, como facilmente se constata. Infelizmente não partilho da segurança do seu último parágrafo. Infelizmente, repito.

  6. Lucas Galuxo

    “Quem não sabe fazer contas certamente é incapaz de desmontar o que ele diz”

    Quem sabe fazer as contas então que desmonte. Que explique, por exemplo, porque quem faz parte do governo faz exactamente o contrário daquilo que defendeu enquanto era oposição, porque é que impediu cortes na despesa nessa altura? Porque então cerrou fileiras com as corporações cristalizadas no estado? Porque não apelou nessa altura por intervenções do Banco de Portugal para controlar o volume de crédito?

  7. JMS

    O socrático personagem está neste preciso momento, na RTP1, no programa do Herman, esse grande socialista, a lavar dinheiro, perdão, a lavar a imagem… não chegava o Expresso

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.