Comentadores fantasmas?

 

Esta notícia do i sobre quanto ganham os comentadores televisivos que são candidatos à câmara de Lisboa tem o que se diga. Além da utilização que estes e outros políticos, trasvestidos de comentadores isentos e imparciais, fazem da televisão para se promoverem publicamente, e da tão indesejada confusão entre o futebol e a política, há o caso de João Semedo. De acordo com o noticiado, este entrega ao Bloco de Esquerda o que a SIC lhe paga. Confirmando-se, o seu caso assume contornos interessantes: se é o BE que acaba por ficar com o dinheiro dos comentários de João Semedo, não estaremos aqui perante uma situação, no mínimo dúbia, de financiamento partidário? Será ético, principalmente dentro daquilo a que o BE nos habituou por ético, fazer comentários de teor político na televisão, ao mesmo tempo que se é candidato e, ao que parece, líder partidário? Se o pagamento auferido por esses comentários é entregue ao partido e não fica com o próprio, não é legítimo que perguntemos quem comenta verdadeiramente: se Semedo ou o BE? Será que, da mesma forma que o pagamento é encaminhado para o BE, os comentários também são encomendados pelo BE?

São questões a que, naturalmente, não teremos resposta, mas que devem ser colocadas.

Anúncios

11 thoughts on “Comentadores fantasmas?

  1. Vitinho

    Se comenta em tempos de eleiçoes, sendo candidato, nao viola o estipulado pela CNE? ao abrigo da Igualdade – algo na moda – os outros candidatos a todos os cargos autarquicos nao teriam de ser comentadores?

  2. Pedro Pais

    Não vejo o problema. Do lado financeiro, o João Semedo é livre de entregar a quem quiser o seu dinheiro, desde que cumpra as obrigações legais tanto do lado fiscal como do lado do financiamento partidário. Não vejo que haja aqui nenhum financiamento encapotado por parte da SIC. Do lado ético, não acredito que alguém tome o João Semedo como comentador independente. O João Semedo defende uma posição que é obviamente (nem que seja em parte) coordenada com a posição política do BE. É suposto alguém achar o contrario? A SIC vende-o como independente. Ora bolas, acho que não podemos assumir que as pessoas são estúpidas por natureza e não acreditem que o João Semedo, o António Costa, o Marcelo, o Sócrates e o não tenham uma agenda pessoal fortemente alinhada com o partido a que pertencem – nalguns casos mais que outros. É assim na TV, é assim nos jornais, é assim nos blogs, é assim na conversa de café. Desde que isso não seja escondido – e não me parece que a preferência partidária neste caso seja secreta – não há problema algum.

  3. DB

    Os comentadores dos outros partidos também se pode por a a mesma questão dos comentários encomendados .O dinheiro que recebem por comentar, esse já não há nenhuma duvida que o seu destino é diferente (com todo o direito).

    Certamente se podem apontar defeitos ao BE, mas isto parece-me disparatado.

  4. PG

    Então porquê o escândalo que foi uma possível entrevista de PPC na RTP?
    Afinal de contas é Primeiro Ministro de Portugal (goste-se ou não) e o que ele possa dizer concerteza interessa ao país.
    Tanta virgem ofendida nessa altura…

  5. Ricardo C.

    Os famosos comentadores, por norma políticos de todos os quadrantes, que nunca comentaram (ou comentarão) a dramática situação dos Trabalhadores Independentes…

    Lagarto, lagarto!

    Por uma esperteza orquestrada pelos mentores do código (políticos e sindicalistas) os comentadores de TV têm um alçapão feito à medida que os isenta de pagar 29.6% de Contribuições (+ IRS sobre esse valor) cada vez que passam o recibo verde pela colaboração televisiva (que é paga e bem paga).

    Daí o silêncio sobre esta matéria que está a empurrar rapidamente dezenas de milhar de portugueses para a miséria.

    Mas sem interlocutores que possam dar alguma ressonância a este grave problema, não há volta a dar…

    Como bom desportista, tiro o chapéu ao legislador que não só beneficiou a causa própria como conseguiu encontrar a fórmula mágica para silenciar os mais desprotegidos dos trabalhadores portugueses.

  6. FilipeBS

    Ia escrever um comentário, mas o Pedro Pais disse tudo aquilo que eu queria dizer 🙂
    De facto, só gente muito inocente poderia achar que um responsável partidário fala como um independente, e não como um agente do próprio partido e das suas ambições. E relativamente ao que os comentadores fazem aos seus honorários, são (e bem!) livres de fazerem o que entendem.

  7. Ricardo C.

    Deste modo, se o entender, um qualquer comentador poderá entregar ao partido o valor total do recibo (menos os 25% de retenção na fonte). Se fosse um Trabalhador Independente em exclusivo, somaria a isso os quase 30% de contribuições… calculados antes de reter os 25% de IRS (que por sua vez é calculado sem ter em conta o valor entregue em contribuições).

    Ou seja, poderia, quanto muito, entregar 45% do valor ao partido, em vez de 75% !

  8. Tiro ao Alvo

    Para mim a coisa é simples: os líderes partidários não podem acumular com a de comentador, quer na TV, quer nos jornais. Mal comparado, tal como não pode um ministro aparecer na TV dizendo-se comentador, e a ser pago por isso. Ética, precisa-se.
    O resto é treta para enganar os pacóvios.

  9. jorge

    André, gostaria de uma resposta sua em relação à censura dos meus comentários.
    Já foram duas e em nenhum dos casos fui de forma alguma ofensivo quer para a sua pessoa, quer para os restantes comentadores.
    Atenciosamente e agradecendo desde já a sua disponibilidade
    Jorge Campos
    Ps- não necessita de publicar este comentário, gostaria apenas, caso tenha disponibilidade para isso, de uma resposta via email.
    Sou um leitor assiduo deste blog e com ele partilho muitas ideias, dai não perceber, nem aceitar, que a crítica (em ambos os casos negativa) a textos nele publicados possa ser censurada.

  10. Maria Silva

    E se entregasse o dinheiro à Igreja, será que provocava tanta celeuma? É interessante tudo isto quando observamos quem são realmente as vozes dominantes na comunicação social.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.