A Irrevogabilidade Tem Destas Coisas

Segundo esta sondagem da Universidade Católica, as intenções de voto dos portugueses repartem-se da seguinte forma: PS – 35%, PSD – 32%, CDU – 11%, BE – 7% e CDS – 3%; com 9% de votos brancos ou nulos. O CDS arrisca-se a transformar-se não no partido do Táxi, mas no partido da Vespa…

TEMPLATE geral

9 pensamentos sobre “A Irrevogabilidade Tem Destas Coisas

  1. Brytto

    Mas atenção que o CDS desce, mas na sondagem anterior já tinha 5%, logo a descida não é tão acentuada como à primeira vista se quer fazer crer… A somar a isso, é necessário informar que já é um clássico as más sondagens para CDS.
    Agora o que é de realçar é a distância surpreendente do PSD para o PS, afinal ainda é possível ganhar as próximas legislativas contra tudo e contra todos…

  2. o CDS aparece sempre sub-representado nas sondagens da Universidade Católica. Lembro-me que poucos meses antes das legislativas aparecia, nas sondagens da UC, com menos de 5%. E nas Europeias, com uma intenção de voto semelhante à desta sondagem.
    Este fenómeno de sub-representação do CDS não se verifica, ou pelo menos não é tão acentuado, nas inquéritos das restantes empresas/instituições que se dedicam a esta coisa das sondagens.
    Enfim, recomenda-se cautela, porque a procissão ainda via no adro 😉
    PS. Curiosamente, a projecção da UC, na noite eleitoral das eleições legislativas, também sub-estimou o resultado então obtido pelo CDS.

  3. tina

    “ocupam mais de metade do tempo de antena de rádios, tv e jornais, apesar de essa facção não representar mais de 5% dos eleitores …”

    exatamente. Daí a discrepância tão grande que existe entre o histerismo anti-governo dos meios de comunicação e o continuado apoio que na realidade este governo sempre tem tido. Os chicos-espertos da oposição servem-se desta distorção da realidade para pedir eleições antecipadas. Onde já se viu pedir eleições antecipadas quando o principal partido da oposição mal ultrapassa o partido no governo?

  4. Pisca

    Murphy

    5% Dos eleitores ? Penso estar a falar dos eleitores inscritos é isso ?

    Então pode-me explicar como ocupa pastas fundamentais e tem um Vice Ministro um partido que teve o apoio de 6,79% dos eleitores inscritos (não confundir com a percentagem de votos expressos e mesmo assim foi apenas 11,7%)

  5. Miguel Noronha

    Nesse caso qual a legitimidade de partidos com votações ainda menores (segundo esses critérios) para exigir a sua demissão?

  6. O Insurgente da III Republica

    Portas ser Vice-PM é normal, porque se trata de uma coligação governamental. Foi assim com a AD e com o «Bloco Central».

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.