carrascos, regressai às vossas vidinhas! (2)

“A 11 de Julho de 2013 viveu-se no parlamento um dos mais insólitos momentos da vida democrática dos últimos 39 anos. Perante uma manifestação nas galerias do hemiciclo, a presidente da Assembleia da República reagiu gritando aos manifestantes que fizessem o favor de sair. E repetiu várias vezes o comando! O facies, o tom de voz e as próprias palavras só têm uma qualificação: foram inadmissíveis e intoleráveis. (…) O que se seguiu ainda foi pior: já com o povo expulso, quis ter um momento de erudição invocando Simone de Beauvoir. Devia ter-se lembrado da “Queda de Um Anjo”. Era mais próprio. E ao fazê-lo foi injusta, porque o brando povo luso nunca foi carrasco. Tem sido, isso sim, vítima de muitos carrascos.”, Saragoça da Matta, no i.

7 pensamentos sobre “carrascos, regressai às vossas vidinhas! (2)

  1. Pingback: Tiro de .303 Cogswell &Harrison | Declínio e Queda

  2. josé vaz silva

    Quando é que esta arrogante da treta leva um portuguesissimo pontapé no cu e vai tratar da vidinha como todos nós? Já agora sugiro que sejam cotadas ou poupadas como se diz agora as reformas daqueles que continuam a trabalhar …

  3. sousa

    e nem uma critica aos profissionais sindicalistas que querem levar a suposta rua de esquerda para o parlamento ?….realmente a ideia do bom selvagem está de pedra e cal em Portugal. Inadmíssiveis e intoleráveis são as acções da extrema esquerda+sindicatos que procuram o regresso dos tempos do prec em que meia dúzia de tontos mandavam no país, sempre em nome do povo é claro.

  4. xico

    Mas a senhora não chamou carrasco ao povo. Chamou carrascos a uma claque, liderada por uma sindicalista que disse, alto e bom som, que não gosta de parlamentos. A democracia é uma chatice… ela é que sabe o que o povo gosta e quer, por isso está ali para o guiar. Eleições são coisas burguesas.

  5. António

    Ricardo, já lhe explicaram que não é “povo” nenhum. São militantes do PCP, sindicalistas. Que tem isso a ver com “povo” ou “cidadão”? Estranho que nests blog se insista neste erro. Que está a acontecer ao Insurgente?

  6. Pingback: Um comunista arrependido | O Insurgente

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.