Unintended consequences?

Disse ontem o Senhor Presidente da República que:

“as eleições legislativas antecipadas comportam o sério risco de não clarificarem a situação política e, pelo contrário, podem contribuir para a tornar ainda mais confusa, mais precária e mais instável”.

Talvez. Mas, assim à primeira vista, eu diria que o discurso do Senhor Presidente as tornou muito mais difíceis de evitar… Dito isto, pergunto: afinal o Senhor Presidente estará a fazer um favor a quem?

Um pensamento sobre “Unintended consequences?

  1. JS

    JTBC. Se bem o percebi, concordo.
    Por outras palavras, dir-se-ia que, se em vez de Passos Coelho o P. Ministro fosse alguém, do PSD, mas *** da “confiança” do PR (Cavaco SIlva) ***, o discursozinho teria sido bem diferente. Bem diferente.
    Afinal, para estes gladiadores -Cavaco Silva vs Passos Coelho- isto é apenas mais um episódio de uma longa, e pouco subtil, peleja ….
    Portas, PS, Memorando, Troika, País, são os detalhes, o cenário do momento.

    Será mesmo o “melhor” para o País o que está em causa, ou o melhor para o(s) interveniente(s) ?.

    Moral, eticamente haverá um campião ?. De que lado está a razão, se é que a há ?.
    Moral e ética rimam com política ?. E têm que rimar ?.
    Ares seráficos, sobretudo em política?.
    Que se degladeiem, sejam muito felizes, mas deixem as azinhas paras frescos de igrejas.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.