certeiro

“(…) Temos a TV mais politizada da Europa, com muitos canais de notícias, noticiários a transbordar de política e dezenas de comentadores. Poderia ser bom se fosse verdadeiro debate. Mas os comentadores não são especialistas (universitários, colunistas ou jornalistas), são os próprios políticos, actores passados ou presentes das acções que ‘comentam’. Decidem à tarde no parlamento e ‘comentam’ à noite nos ecrãs – dezenas de horas por semana. É uma espécie de ditadura dos políticos e dos partidos, um verdadeiro confisco mediático do tempo destinado ao esclarecimento dos espectadores: os políticos são-nos impostos pelas TV.”, por Eduardo Cintra Torres no Correio da Manhã.

Na mouche!

4 pensamentos sobre “certeiro

  1. João O.

    Assinava por baixo, não fosse uma das afirmações completamente descabidas: incluir colunistas e jornalistas na categoria de especialistas.

    Os jornalistas e colunistas que temos não reportam factos de forma imparcial. São porta-voz das diversas tribos políticas, postos nas suas funções com a missão de divulgar a mensagem mais conveniente ao grupo político a que pertencem. Nessa missão, não são nada diferentes dos ex-ministros e demais políticos que se empoleiram nos diversos canais de televisão, e a sua opinião é igualmente imparcial. Se o problema é o filtro aplicado à mensagem e a mensagem não muda com o mensageiro então o problema não está no mensageiro.

  2. Lucas Galuxo

    Totalmente em desacordo. Em política não há cientistas. Tem mais interesse a opinião e as tomadas de posição que se sujeitam a escrutínio eleitoral do que o comentarismo inconsequente presumido de uma imparcialidade que não existe.

  3. João O.

    Lucas Galuxo,

    Lá por o regime ser democrático não quer dizer que a ignorância, desinformação e propaganda de uns é tão válida quanto o conhecimento técnico de outros. A prova desse facto é encontrada em qualquer texto escrito por jornalistas/colunistas como Daniel Oliveira sobre assuntos como economia.

  4. Lucas Galuxo

    Ó João Ó. Não estou em desacordo contigo. Discordo é do que Eduardo Cintra Torres disse e Ricardo Arroja citou. Só não percebi donde vem o teu “assino por baixo”.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.