Pallywood volta a atacar a realidade

BHAz8ONCAAIlVvj
A imagem não retrata Maysara Abu Hamdiya mas um rebelde sírio hospitalizado.

Terça-feira passada, Maysara Abu Hamdiya morreu vítima de um cancro na garganta. A morte do terrorista preso palestiniano desencadeou na Cisjordânia o habitual rasgar de vestes, enriquecidas com acusações da participação no caso da omnipresente Mossad. Se nada até este ponto indique propriamente uma mudança, uma novidade que seja, valerá a pena questionar o papel dos dirigentes moderados e mais uma grotesca manipulação, da qual resulta mais uma aldrabice.

Não é a primeira vez e não será a última vez que este tipo de artimanhas são usadas pelos políticos palestinianos e pelos activistas do costume. Curiosa é a acção bovina de uma boa parte da comunicação social e dos naturalmente isentos jornalistas. A este respeito vale a pena ler Islamism is winning the cognitive war – thanks to manipulative and gullible journalists, de Richard Landes.

2 pensamentos sobre “Pallywood volta a atacar a realidade

  1. A. R

    Entretanto o contribuinte europeu paga salários a estes terroristas e acredita na fome por lá quando as mulheres “palestinianas” estão cada vez mais umas bombas

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.