As Vantagens de Se Ter Uma Empresa Pública de Transportes

Em cada três dias de 2012 dois foram dias de greve na CP. Elaborando:

  • “No ano passado, e segundo os dados dos pré-avisos de greve, terá havido algum tipo de greve – total, parcial e às horas extraordinárias – em 295 dias” – na realidade, pelas minhas contas isto dá cerca de 80% ou seja, quatro em cada cinco dias o ano passado registou-se uma greve de qualquer tipo.
  • No ano passado foram suprimidos, devido a greves, mais de 30 mil comboios, o que representa cerca de 7% do número de comboios programados.
  • Cada paralisação de 24 horas terá um custo da ordem de um milhão de euros.

16 pensamentos sobre “As Vantagens de Se Ter Uma Empresa Pública de Transportes

  1. paam

    Mais uma tragicomédia. Um problema que era fundamental resolver e o país anda sempre entretido com “casos mediáticos”. A sily season em Portugal agora arrasta-se durante todo o ano.

  2. Luís Lavoura

    Sim, mas é preciso notar que grande parte deste problema radica em a CP recorrer extensivamente a horas extraordinárias para cumprir os seus horários. Se a CP contratasse mais trabalhadores, em vez de apenas ter os atuais trabalhadores mas pretender que eles façam horas extraordinárias, os efeitos das greves seriam bem mais reduzidos.
    Pelo menos, é isso que me parece que acontece.
    Note-se ainda que tudo isto radica no facto de o governo ter decretado que as horas extraordinárias na CP deveriam ser pagas à mesma tabela que as horas do horário – coisa que me parece totalmente ilegítima e que não se faz em nenhuma empresa privada.

  3. Luís Lavoura

    A vantagem de ter uma empresa pública é que assim o governo pode reduzir os preços recorrendo a métodos que não estão disponíveis para empresas privadas, como por exemplo o corte de subsídios de férias e Natal, o pagamento de horas extraordinárias à mesma tabela que as horas normais, e outras coisas que são ilegais para empresas privadas de transportes.

  4. p D s

    Já agora uma pergunta basica:

    ao dizer que “No ano passado foram suprimidos, devido a greves, mais de 30 mil comboios, o que representa cerca de 7% do (…)”
    está a concluir-se que :

    a) a culpa é dos trabalhadores que cumprem o seu horário normal, mas fazem greve a horas extraordinárias ?

    b) a culpa é da Gestão que assenta 7% dos seus serviços normais, em cima de horas extraordinárias ?

    A mim, parece-me que assentar 7% da produção NORMAL de uma empresa em cima de em contextos EXTRAORDINÀRIOS é capaz de não ser a melhor politica.

    Se em ciscunstancias EXTRAORDINARIAS será perfeitamente plausivel, parace-me obvio que planear e gerir UM ANO INTEIRO em contextos EXTRAORDINARIOS

  5. paam

    Até o fim das viagens gratuitas para reformados da empresa, e familiares dos trabalhadores, e a limitação dos direitos dos funcionários a viagens gratuitas fora do horário laboral é inconstitucional. Acabem com todos esses privilégios que sobra dinheiro para pagar horas extraordinárias ou para contratar os trabalhadores necessários.

  6. p D s

    (concluindo o comentário anterior q ficou truncado)

    Se em circunstancias EXTRAORDINARIAS será perfeitamente plausivel, parece-me obvio que planear e gerir UM ANO INTEIRO em contextos EXTRAORDINARIOS é digamos que no minimo uma Gestão pouco consistente.

  7. M. Miranda

    Compreendo perfeitamente que a maioria das empresas públicas não tem gestão capaz ou então são ingeríveis mas o que compreendo é como a CP deixará de dar prejuízos contratando mais pessoal!

  8. JP Ribeiro

    A esquerdalhada, sempre imbecil, ainda não percebeu que o caso da CP nada tem a ver com direitos dos trabalhadores ou direito à greve, e que está a ser manipulada por alguns milhares de vigaristas que estão montados num esquema de roubar os portugueses e fazê-los pagar pelo seu modo de vida. O PCP e afins agradecem porque não tem de pagar para manter a chama internacionalista acesa, os midia a falarem deles, os politicos a cuspir baboseiras, e todos a sonhar com os amanhãs que cantam.

  9. The Anarcos

    “Compreendo perfeitamente que a maioria das empresas públicas não tem gestão capaz ou então são ingeríveis mas o que compreendo é como a CP deixará de dar prejuízos contratando mais pessoal!”

    A CP NÃO TEM QUE DAR LUCRO, TEM QUE SER BEM GERIDOS OS DINHEIROS PÚBLICOS PARA PRESTAR UM SERVIÇO À POPULAÇÃO, SERVIÇO ESSE INDESPENSÁVEL AO DESENVOLVIMENTO DA ECONOMIA ( imaginem um paìs sem transportes públicos). o QUE SE PASSA É QUE OS VÁRIOS GOVERNOS QUE TEM PASSADO DESDE O 25 DE ABRIL TEM GERIDO A REDE FERROVIÁRIA DE MANEIRA A DESTRUÍ-LA EM FAVOR DA DOS INTERESSES DA RODOVIA (barraqueiros e c&a). E NÃO PENSEM QUE OS FERROVIÁRIOS SÃO UNS PREVILEGIADOS, SÃO TRABALHADORES COMO EM TODOS EM TODOS O LADO: UNS MAIS PROFISSIONAIS QUE OUTROS.

  10. Carlos

    O Lavoura pode não saber do que está a falar, mas sabe bem o que quer: dizer mal do actual governo. Sempre, quer seja justo, ou não. Que forma estranha de andar na vida!

  11. A. R

    Os sindicatos são agora um gangue de extorção: extorção ao utente, extorção ao contribuinte e assalto a um país inteiro. Querem regalias que mais ninguém tem: é esta a hipocrisia suprema . Perderam a vergonha. Muito gostaria de os ver tratados como os regimes comunistas trataram outros que muito menos pediram.

  12. LDR

    O CDS-PP e o PSD não têm maioria? Estão à espera de quê?

    O Governo já só pensa em eleições. Veja-se o caso das escolas sem trabalhar na época do carnaval. Os professores continuam com horarios reduzidos e o CRATO ainda não mexeu uma palha…!

  13. É pá se os tipos querem tanto as viagens de borla tirem lhes um ou dois subsidios dos imensos que eles têm e deixem-nos chupar as viagens. Podem já começar pelo subsídio de assiduidade (receber mais 7 euros por dia, apenas por se apresentar no trabalho, mas não é esse o dever de todo o trabalhador, ir trabalhar?)
    Aproveito para por aqui a minha opinião sobre o que devia ser feito a CP – http://portugaliberal.wordpress.com/2012/12/22/o-natal-todo-o-ano-na-cp/

  14. JMJ

    A todos os que aqui falam mal dos sindicatos e acham que conseguem fazer melhor:

    Sindicalizem-se, sejam eleitos dirigentes pelos trabalhadores e façam melhor!

    Os trabalhadores agradecem.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.