Jaime Neves (1936-2013)

Faleceu o Major-Gemeral Jaime Neves, o mítico comandante do Regimento de Comandos e um dos heróis da resistência anti-comunista durante o PREC.

11 pensamentos sobre “Jaime Neves (1936-2013)

  1. Pouco a pouco os portugueses dignos desse nome vão desaparecendo.Infelizmente sem outros que os substituam.Paz á sua alma. A pátria agradecida chora mais um de seus heróis.Os portugueses devem-lhe a liberdade que outros lhe queriam roubar. R.I.P.

  2. manuel pereira

    Aos mortos devemos respeito,ainda que adversários ou inimigos, Respeito passa pelo silêncio emocionado.

  3. jojoratazana

    Não deixa de ser hilariante a comunicação social, que apresenta Jaime Neves como tendo derrotado a implementação em Portugal de uma ditadura comunista.
    Primeiro nunca em Portugal esteve em causa implementar uma ditadura comunista, o próprio 25 de Novembro desmente essa cabala, se fosse essa a intenção no 25 de Novembro, teria começado uma guerra civil.
    Guerra civil essa, que era afinal e apenas aquilo que os que fizeram o golpe pretendiam.
    Como essa guerra saiu frustrada, os que a tentaram a todo o custo foram derrotados.
    E continuam a passear por ai as suas enormes barrigas cheias, á custa do povo que enganaram e continuam a roubar.
    De notar o bom serviço da comunicação social, na continuação da propagação das mentiras para defender a canalha, que nos continua a explorar e enganar.

  4. Joaquim Amado Lopes

    Miguel,
    Na minha humilde opinião, devia ter deixado ficar o comentário do JMJ. Para que ninguém tenha dúvidas sobre quão asquerosa certa “esquerda” pode ser.

  5. Joaquim Amado Lopes

    O PREC foi um período de “democratização da vida nacional”?!
    O JMJ está muito abaixo de imbecil e asqueroso (pela parte relativa a Jaime Neves). Se fôr muito novo e se esforçar o resto da sua vida para melhorar enquanto pessoa, talvez consiga atingir o nível de patético.

  6. Joaquim Amado Lopes

    Miguel,
    Felizmente, “comunistas” como o JMJ (ainda?) são uma pequena minoria. Infelizmente, até dirigentes do PCP se começam a aproximar desse nível de alarvidade.

  7. Miguel Noronha

    Para os comunistas “democracia” é quando são eles a mandar. Mesmo quando são ultra-minoritários como se verificou em vários países.

  8. Soviet Dacha

    O mítico comandante que assassinou nacionais de Moçambique e participou num golpe de estado organizado pelo Mário Soares. Tudo certo, siga a música.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.