Privatizá-la está completamente fora de questão

A confirmarem-se, são gravissimas as razões que levaram à demissão de António Nogueira Leite da CGD. Mais uma prova da incompetência e do laxismo doa gestores públicos. Mas o que interessa é que os governos continuarão a dispor de um instrumento executar as suas estratégias de poder “políticas de fomento”.

Anúncios

9 pensamentos sobre “Privatizá-la está completamente fora de questão

  1. economista

    A saida deste amigo de PPC (Nogueira Leite) da CGD , só prova que PPC não passa de um pau mandado neste já tão velho corrupto ramalhete !…

  2. JP

    Denegação de justiça relativamente a casos públicos levanta questões e considerações muito graves sobre o sistema judicial em si.
    Até sobre o regular funcionamento do Estado de Direito, se é que ele alguma vez foi regular.
    E sobre jornalismo também.

  3. JP

    “quando aplicou castigos a trabalhadores que denunciaram as alegadas irregularidades.”

    Alô Presidente!
    Alô constitucionalistas de chacha!
    Alô Procuradoria! Está aí alguém acordado?

    Este tipo de terrorismo tem efeitos piores do que a corrupção.

  4. Mariana

    Já a competência e eficiência dos gestores privados tem no caso BPN o seu expoente máximo. Engraçado, um advogado comuna, portanto representante do bloco central de interesses, ter denunciado o caso muito antes dos insurgentes terem nascido.

  5. Miguel Noronha

    Esses estão presos e/ou serem julgados. Se não me falha a memória. E os da Caixa?
    O BPN nunca devia ter sido nacionalizado nem os contribuintes forçados a pagar a má gestão e os crimes que por lá foram cometidos. Isso está fora de questão mas quanto dinheiro dos contribuintes é que foi “estoirado” na CGD só na última década? Vão ver os aumentos de capital e trocas de participações entre a Caixa e a Parpublica.

    Não se excuse nessas supostas “reciprocidades” que sai a perder. Não invocar outros casos para evitar falar nos assuntos.

  6. Mariana

    “Esses estão presos e/ou serem julgados. Se não me falha a memória.” Lol 🙂

    “O BPN nunca devia ter sido nacionalizado nem os contribuintes forçados a pagar a má gestão e os crimes que por lá foram cometidos.” Mal seria se um liberal dissesse o contrário. Aguardam-se pelo menos tantos posts sobre este tópico como aqueles dedicados ao grande Artur.

    “Não se excuse nessas supostas “reciprocidades” que sai a perder.” Brincar às reciprocidades, ao público e privado ou aos russos e americanos faz parte do vosso imaginário infantil. Eu limito-me a observar que a seriedade e competência das pessoas não é pública nem privada.

    “Não invocar outros casos para evitar falar nos assuntos”. Para falar nestes ou noutros assuntos existem locais mais interessantes para o fazer. Não foram os insurgentes que descobriram a máfia que salta destas empresas públicas para as privadas, fazendo depois uma perninha num governo, vangloriando-se sempre do seu preço de mercado. Alguns deles até são aplaudidos por vós.

  7. lucklucky

    Mariana faz de troll pois não tem memória.
    Já agora os aumentos de capital da Caixa para ela parecem não interessar. Porque será.

  8. Mariana

    Lamento, mas claramente o burlão artur aquece-lhe muito mais a alma do que os burlões do bpn.

    por falar em trolls, caro lucklucky, estávamos nós a falar em seriedade e competência no público e no privado. vem você com aumentos de capital. porque não se lembrou de falar no tempo? porque será?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.