Tiro ao lado (2)

Anda por aí um daqueles típicos postais de facebook, muito catita, que compara o número de mortes a tiro nos EUA e uma série de outros países. O seu primeiro problema é fazer uma comparação enviesada pelo uso de números absolutos em vez de números relativos (em percentagem de população). O segundo problema, e principal, é que o argumento que tenta passar morre quando colide com a realidade. Vejamos…

Com menos armas, Brasil tem três vezes mais mortes a tiro que os EUA:

Apesar do número bem inferior de armas de fogo em circulação na população do que nos Estados Unidos, o Brasil registrou, em 2010, 36 mil vítimas fatais de tiros.

O montante é 3,7 vezes o registrado pelos americanos, que tiveram 9.960 mortes, colocando o país no topo dos que mais registram óbitos por arma de fogo no mundo.

Leitura complementar: Tiro ao lado, “Gun control” – a importância das narrativas, “Gun control” – a importância das narrativas (2)Penn and Teller: Gun Control BSAs raízes racistas do gun control

17 pensamentos sobre “Tiro ao lado (2)

  1. Carlos Duarte

    Mais idiotice no seguimento de outras anteriores…

    Comparar o Brasil com os EUA não lembra a ninguém. Que indicador de desenvolvimento quer?

    PIB p/c: EUA 8º mundial, Brasil 76º
    Indíce de Desenvolvimento Humano (HDI): EUA 4º, Brasil 85º
    Indíce de Liberdade Económica (Heritage): EUA 10º Brasil 99º

    Eu pensei – se calhar, de forma inocente – quer pessoas que se declaram Liberais teriam uma mente aberta a factos e suportavam as suas ideias nesses mesmos factos. Pelo que tenho vindo a aprender (e muito com este blog) é que o “Liberalismo” (de cariz anglo-saxónico) é uma ideologia que em termos metodológicos de defesa de ideias se aproxima muito de outros radicalismos (como o Comunismo, que tanto atacam). Se os factos não demonstram o que se acredita, então mudem-se os factos…

  2. Caro Tiago, há quem consiga fazer a conta q você menciona de cabeça … ou talvez você não tenha de memória – ainda que aproximada – a população relativa dos países …. mas desde já lhe adianto que, com exclusão do Brasil, que não é mencionado no postal, a capitação dos EUA é muitissimo superior à dos outros países … talvez você queira brindar os seus leitores com um pouco de rigor e calcular a capitação?

  3. yesmkt

    Infelizmente, o extremismo pseudo-liberal consegue provocar mais danos ao verdadeiro Liberalismo do que os seus opositores!

  4. migspalexpl

    sim! queremos os valores relativos por população! (eu tentei fazer a coisa ha uns dias de maneira apressada e a razão mortes por população era umas 40 vezes maior nos USA do que na Alemanha, obviamente enganei-me).

  5. nuno granja

    A NRA e que pensa como eles tem em comum com os autores dos massacre o facto de acharem que as armas resolvem problemas

  6. lucklucky

    As armas são objectos. A vontade de usar armas resolve problemas. Qual a dúvida, a história está cheia de exemplos que o USO de armas resolveu problemas.
    Não resolve todos obviamente.

    Ainda mais piada tem que o 25 de Abril para os que as criticam hoje armas nunca teria sido feito sem armas e a vontade de as usar.

    Mais. Quando é pela causa do soci@lismo as armas até se transformam em símbolos sem problema alguns.
    Uma G3 com a flor já não gostam?

    Carlos Duarte e os outros todos não querem sequer que há países com muito menos HDI que o Brasil e com muitos menos mortes.
    Na sua obsessão igualitária não percebem que é a cultura.
    Que é a cultura dos jovens, dos homens . Que são na sua maioria quem mata com armas. Não são os com meia idade, velhos, nem as mulheres.

    Porque é que estes ataques são feitos em grande parte em escolas e universidades? Não vos deveria levar sequer a pensar?

    Porque é que os clubes de tiro onde estão as armas, onde há uma data de gente armada, aquelas que na vossa preconceituada noção sobre-civilizada são neandertais não há tiroteios ou são muito raros?

    Ou seja o próprio Carlos Duarte reconhece que não são as armas ao falar de HDI ou LE e se fizesse um esforço descobriria muito mais. Mas como está condicionado socialmente para assim pensar devido à repetição constante, não sai da lógica, resultado da peer pressure.

  7. A. R

    Não é uma questão de armas. Na China ainda recentemente uma homem armado com uma faca matou 20 crianças. A morte de crianças na China por este tipo de violência excede qualquer outro número conhecido. Na China as armas não estão acessíveis.
    Em Venezuela a mesma coisa: controlo total de armas e os mortos são em mesmo número que os Estados Unidos e a População é um décimo.

  8. Duvmet

    “Porque é que estes ataques são feitos em grande parte em escolas e universidades? Não vos deveria levar sequer a pensar?”

    Esta é a questão essencial. Os massacres ocorrem sempre em locais e estados onde existem restrições no uso de armas. A razão é muito simples: naquele local o assassino é o único que está armado e ele sabe disso. Tem todo o poder e todo o tempo para fazer o que quer.
    Num local onde outros tb estivessem armados, em 1º lugar, haveria, há, uma clara dissuasão. Em 2º lugar, mesmo que seja suicida e disposto a tudo, terá muito menos hipoteses de matar muita gente.

    Para um pai é muito mais segura uma escola onde ele sabe que, por exemplo, os professores estão armados e podem fazer muito mais do que esconder-se em armários, face a um tresloucado.

    Por exemplo, quem já conduziu nas estradas e ruas americanas, não pode deixar de notar que pouca gente apita ou faz gestos obscenos aos outros. Não é por boa educação, é pela percepção de que as coisas podem escalar e todos podem estar armados. Um valentão sabe que a sua valentia de nada lhe servirá se o caga-tacos do lado puxar de uma arma. Logo é melhor não ser valentão…

  9. A. R

    Num país como em Venezuela onde 95% dos homicídios não são resolvidos e no Brasil (São Paulo) onde 90% dos homicídios não são resolvidos a lição da esquerda é: deixem-se matar como anjinhos.

  10. Carlos Duarte

    “8.Não é uma questão de armas. Na China ainda recentemente uma homem armado com uma faca matou 20 crianças. A morte de crianças na China por este tipo de violência excede qualquer outro número conhecido. Na China as armas não estão acessíveis.”

    Não é verdade.

    http://www.telegraph.co.uk/news/worldnews/asia/china/9744671/Knife-wielding-man-goes-on-rampage-in-Chinese-school.html

    (para não me acusarem de usar fontes “esquerdistas”)

    Mas o caso ilustra bem o problema: com uma faca só houveram feridos (já houveram mortos em ataques anteriores, os que causaram mais mortes foram 2 com 7 mortes cada), ali foram muitos mais… qual foi o rácio de mortos / pessoas atacadas?

  11. José

    Que grande idiotice. Os números do EUA são muitas dezenas de vezes supeirores aos dos países europeus. A percentagem per capita de mortes é 20 a 30 vezes meior nos EUA. Quanto ao Brasil porque é que não comparam com o Iraque? Enfim isto é uma idiotice pegada. Qunaot ao chinÊs não matou 20 crianças, feriu 20 crianças, se tivesse um arma de fogo ceetamente que teriam todas morrido…

  12. Carlos Duarte

    “11.

    e se compararmos os EUA com a Europa?

    http://jorgevalin.wordpress.com/2012/08/12/el-crimen-en-europa-es-mas-alto-que-en-ee-uu/

    Ou não se pode comparar porque a cultura é diferente?”

    Não percebi… o que o estudo diz é que o crime “per capita” na Europa (leia-se Reino Unido, França, Espanha, Alemanha, Itália, Austria e Holanda) tem subido e é actualmente superior aos EUA. No entanto, para homicídios, os EUA têm valores per capita cerca de 4 vezes superiores (6 homicídios por 100.000 hab contra 1,5 nos países europeus). Tendo em conta que o grosso desses crimes são efectuados com arma de fogo (66% em 2008), só me está a dar razão (o que eu agradeço!)

  13. Carlos Duarte

    Perdão, esqueci-me das referências. Os valores de homicídios por 100.000 habitantes vieram do estudo referido (não verifiquei os dados) enquanto o tipo de arma usada veio desta publicação – Uniform Crime Reports for the United States, 1997, 2007 and 2011 do Departamento de Justiça dos EUA.

  14. Guillaume Tell

    “No entanto, para homicídios, os EUA têm valores per capita cerca de 4 vezes superiores (6 homicídios por 100.000 hab contra 1,5 nos países europeus”

    Aonde vê isso? Gostaria ver a referência exacta dos dados em que os homicídios per capita são 4 vezes superiores nos EUA que na Europa.

    É que na minha referência dizem que em 2010 havia cerca de:

    – 35 crimes por 1.000 habitantes nos EUA VS 65 na Europa

    – 33 crimes contra a propriedade por 1.000 habitantes nos EUA VS 35 na Europa

    – 4 crimes violentos por 1.000 habitantes nos EUA VS 10 na Europa

    E mesmo que seja verdade (se bem que para mim crimes violentos e homicídos é mais ou menos a mesmo coisa, mas bom seguimos em frente) em média é mais seguro viver nos EUA que na Europa. Pode haver mas homicídios lá, mas lá há menos crimes, menos atentados à propriedade e menos crimes violentos (fora os homicídios) apesar, ou graças, à maior liberdade na detenção de armas.

    Resumindo o risco de morremos assasinados nos EUA é mais elevado que na Europa, mas o risco de sofrermos um crime qualquer é mais baixo lá, e ao menos mesmo que nos tentam assassinar ainda temos a possibilidade de nos defender (o que explicará o maior número de homicídios).

  15. Zé da esquina

    Gente, vamos tentar fazer análises a sério. Eu tentei comparar a taxa de homicidio (por 100.000 habitantes) com a prevalencia de armas de fogo (por 100.000 habitantes).

    A partir dos dados que existem na wikipedia não consegui obter uma correlação (R2 muito baixo) o que não me indica por si só que não haja causalidade mas sim que os factores associados são muito mais complexos.

    Agora uma coisa é certa, os EUA têm uma muito maior taxa de homicidio com armas de fogo que os piores dos países europeus nessa área.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.