Isto vai dar mau resultado

Eu repito. Não compete ao “líderes europeus” escolherem os governos e as políticas nacionais em nome de um suposto e inquestionável “consenso” que só existe na mentes de alguns iluminados. É necessário provar aos eleitores de cada país que as políticas da UE lhes benefícas para si e para os seus países e não o inverso. Esta tentativa de “homologação europeia” de candidatos nacionais vai dar muito mau resultado. Ao empurrarem todo e qualquer desvio ao euroentusiasmo para os extremos estão a ajudar a criar um monstro incontrolável.

5 pensamentos sobre “Isto vai dar mau resultado

  1. Jose

    Acredito que vá dar mau resultado, nem se sabe bem por onde vai começar, mas vai. No entanto esse remedeio é neste momento melhor do que continuarmos com o descontrole dos políticos locais, principalmente nos países do sul.
    Eu até seria mais radical, um país resgatado deveria ser tratado à semelhança de uma empresa, deveria ser suspensa a democracia, e a gestão durante o periodo de resgate deveria ser feita por profissionais designados para o efeito, por forma a recuperar a economia e desfazer os ‘males’ causados pelas gestões danosas dos políticos.

  2. Syme

    Em direcção ao governo europeu, em marcha forçada.
    One Ring to rule them all, One Ring to find them,
    One Ring to bring them all and in the darkness bind them
    In the Land of Eurocratic-tyranny where the Shadows lie.

    Sauron Barroso: o teu exército de Orcs-Josés marchará confiante contra a cidade dos homens.

  3. JS

    “… e desfazer os ‘males’ causados pelas gestões danosas dos políticos…”
    Simplesmente não deveria poder haver “gestão danosa” exercida pelos políticos.

    O problema é que um sistema político tem que ser concebido -Constituição- com um formato, que não permita a permanência no poder de “políticos em exercicio de gestão danosa”.
    Os poderes públicos -Legislativo, Executivo e Judicial- a controlarem-se mutuamente.
    O eleitor, bem informado -4º poder- como árbrito, o Juiz final.

    O presente sistema político em Portugal, sobre este ângulo, é um desastre, vergonhosamente acarinhado pela “classe”, pela “elite” política …

    A tendência da “Contradição Europeia” em construir ad hoc uma “Constituição”, de Tratado em Tratado(!), de Reunião em Reunião(!) -com 17/27 protagonistas e interesses tão díspares- patrocinada por Burocrátas tão Burocratas(!), não augura de bom.

  4. Em matéria de sub-texto, quando falas de UE, estás a falar da URSS, não é assim? 😉 Quanto ao fundo texto, até concordo, embora nestes dias (eu) seja mias europeísta do que tu 😉

  5. Miguel Noronha

    “Em matéria de sub-texto, quando falas de UE, estás a falar da URSS, não é assim?”
    Epá. Eu não possuo essas subtilezas marxistas na escrita.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.