O castigo dos Távoras para António Costa

Uns tempos depois as alterações no Marquês de Pombal decididas por um grupo de sádicos integrantes da equipa de António Costa continuam sem convencer ninguém. Além das desvantagens apontadas pelo ACP – que reclama pela reposição da situação anterior – há muitas outras a apontar nesta alteração de trânsito mal pensada e contranatura e que serve apenas para, como António Costa tem feito ao longo dos seus mandatos, castigar quem anda de carro em Lisboa. De facto as vias para bicicletas multiplicam-se ao mesmo ritmo a que se multiplicam os buracos nas ruas de Lisboa. Desvios de trânsito que ninguém percebe duram meses a fio. Ruas que necessitam de reparações básicas (como pintar o tracejado das faixas) surgem como cogumelos. E um largo etc.

Regressando ao Marquês de Pombal, parece-me que um bom uso dos dinheiros públicos seria enviar quem decidiu as alterações para um longo descanso num sanatório de um país longínquo. Quem chega da Fontes Pereira de Melo e quer sair para a Rua Braancamp tem de suportar o trânsito na faixa que entra para o túnel até poder, lá no fim da dita faixa e do dito trânsito, entrar na rotunda exterior. O trânsito nas laterais da Avenida da Liberdade desafia toda a lógica. Numa delas primeiro sobe-se, depois passa-se a descer e, no fim, sobe-se novamente. Na outra sobe-se a avenida mas, lá no meio, é-se obrigado a sair da avenida apesar de em frente se continuar a subir. Os side effects sentem-se por toda a cidade e não só ao nível do acréscimo do trânsito e da poluição noutras ruas da cidade. Na Rua Castilho, por exemplo, os semáforos do cruzamento com a Alameda Cardeal Cerejeira estão sem funcionar desde que se implementaram as invenções circulatórias de Costa. Tendo em conta que se trata de um cruzamento de duas vias, ambas com dois sentidos, a situação actual recomenda-se. Noutras zonas de Lisboa, que tiveram o seu tráfego aumentado, os tempos dos semáforos continuam regulados pelo tráfego anterior à implementação das ideias luminosas de Costa, originando constrangimentos inteiramente escusados. Novo largo etc..

Mas nada disto é grave. Importante, importante é ter acabado a austeridade no burgo de Lisboa: este ano já foi prioritário gastar dinheiro em iluminações de Natal.

 

3 pensamentos sobre “O castigo dos Távoras para António Costa

  1. Luís Lavoura

    Sugiro que a Maria João deixe de andar de carro em Lisboa e passe a circular a pé ou de bicicleta (aproveitando as múltiplas vias cicláveis, como ela diz). A cidade está cada vez melhor para esses efeitos.

  2. Gonçalo

    Por favor, essa cassete das bicicletas e das ciclovias já deu o que tinha a dar.
    Aconselho uma das seguintes opções: experimentar, durante uma semana, andar de bicicleta em Lisboa, e aperceber-se de que as obras de António Costa complicaram incrivelmente a vida a quem fazia a escolha legítima de circular de bicicleta, deixando como tal de atirar essa posta mal amanhada ao ar sempre que se discute o urbanismo em Lisboa; ou, mais trabalhoso, pesquisar sobre as decisões urbanísticas tomadas por câmaras cuja mobilidade seja reconhecidamente melhor que a nossa, comparar com as obras de António Costa e, juntamente com alguma informação obtida de quem toma a opção legítima de circular de bicicleta na cidade, concluir que estas apenas complicaram incrivelmente a vida a quem faz esta escolha.

    A sério, pode parecer um preciosismo, e já se sabe que a MJM é a conservadora de serviço aqui no blogue, mas isto é como ver os gajos do PNR a falar mal dos comunistas… Soubessem do que falam, calar-se-iam e não fariam tão má figura.

  3. Ricardo Monteiro

    Eu como moro na Luciano Cordeiro e passo no Marquês, em hora de ponta, 2 x por dia não percebo o post da autora em relação ao acesso à rotunda exterior. Eu agora demoro METADE do tempo que demorava a descer a Fontes Pereira de Melo. E não tenho nenhum avião. Fica a opinião de um morador.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.