O ‘jornalismo’ vigente

O Público é, cada vez mais, um retrato do país. E não apenas porque a recorrente contestação dos seus trabalhadores aos cortes anunciados para responder aos constantes prejuízos do jornal faça lembrar a indignação que nasce perante cada ameaça de cortar em certas funções do estado por causa da sua crescente falta de dinheiro para as pagar.

A semelhança chega à ignorância (ou será má fé?) com que se usam certos conceitos na discussão política. Ontem, nesta entrevista do presidente da CP, o jornalista do Público refere a determinada altura, com uma certeza heróica digna de um Louçã, um certo ‘paradigma neoliberal vigente’. Como jornalista que é, o entrevistador devia ter mais gosto por se informar convenientemente. Se o fizesse, perceberia que o paradigma vigente é o mesmo que permite que o estado torre mais de metade da riqueza produzida no país, ao mesmo tempo que emagrece os portugueses com uma carga fiscal cuja dimensão apenas se justifica pela necessidade de não obrigar o estado a deixar de engordar. E não é preciso ter uma licenciatura em Ciência Política para saber que isso não é liberalismo, seja com que prefixo for. É socialismo, o mesmo que nos arruinou. Num país em que há quem pense que  se conseguem baixar impostos sem reduzir o peso do estado, não é de todo surpreendente que a adesão à moda de atirar culpas ao ‘neoliberalismo’ pelos erros do socialismo seja tão popular. Mas é preocupante vê-la de forma tão despudorada e ignorante nas páginas de um jornal que já foi uma referência.

É por estas e por outras que, em breve, o Público não servirá sequer para papel de embrulho.

4 pensamentos sobre “O ‘jornalismo’ vigente

  1. Joaquim Amado Lopes

    Tiago,
    O “jornalista” está apenas a indicar onde o Público pode (deve!) cortar: nos vencimentos dos “jornalistas”. Se lhes pagasse o que eles merecem, esse pasquim… perdão, esse “jornal” até era capaz de dar lucro. Não sei é onde os tais “jornalistas” iam buscar o dinheiro que ficariam a dever ao… “jornal”.

  2. Rinka

    Um tipo que não sabe o que é Socialismo mas continua a falar dele, crítica alguém que usa o termo Neoliberal, quando também não o sabe usar….

  3. Pingback: Top posts da semana « O Insurgente

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.