Liberdade de escolha na educação, no Texas

Comentário no ProfBlog a propósito de um sistema que visa introduzir a livre escolha na educação no Texas.

O Texas introduziu um sistema de livre escolha das escolas que é o mais simples e o mais eficaz dos EUA. Sem intermediários, sem agências do Estado, sem limites. Os pais têm a liberdade de escolher a escola e o Estado paga a propina até 60% do custo médio anual dos alunos nas escolas estatais. Sejam pobres, remediados ou ricos. Seja a escola estatal ou privada.

Os críticos da livre escolha acusam os privados de fazerem concorrência às escolas estatais. A acusação tem fundamento. Os pais dos alunos preferem enviar os filhos para escolas privadas sempre que tal lhes é possível. É por isso que as escolas estatais perdem alunos sempre que têm por perto colégios com contratos de associação. As escolas estatais têm uma forma de lidar com esta situação: ofereçam um serviço educativo melhor do que os colégios com contrato de associação.

Regra geral, os pais querem a melhor educação possível para os filhos. Os professores que são pais sabem o que isso significa. A livre escolha é apenas isso: permitir que os pais escolham a melhor escola para os filhos, independentemente de quem seja o seu proprietário. Sem que sejam os burocratas do Estado a dizer-lhes que têm de colocar os filhos na escola estatal mais perto da residência.

6 pensamentos sobre “Liberdade de escolha na educação, no Texas

  1. Miguel P

    Mas desde quando é que o português quer ter responsabilidade de alguma coisa? O Estado diz, ele faz e no fim vai falar mal! è muito mais simples, não dá trabalho e não existe qualquer tipo de responsabilidade…

  2. Luís Lavoura

    Não é em geral verdade que os pais queiram a melhor educação para os seus filhos. Muitos pais só querem que eles tenham boas notas, o que é algo diferente.
    Além disso, muitos pais não sabem, pura e simplesmente, avaliar a qualidade da educação. Por exemplo, uma criada de um restaurante onde costumo jantar, diz que já hoje não consegue ajudar o filho, que anda apenas no nono ano, a fazer os trabalhos de casa, porque não sabe nada daquela matéria.
    Finalmente e principalmnete, é errado um Estado que está falido andar a pagar propinas de escolas privadas.

  3. Miguel Noronha

    “Além disso, muitos pais não sabem, pura e simplesmente, avaliar a qualidade da educação”
    Será que lhes deviamos sequer conceder direito de voto? Provavelmente deviam esses individuos deviam estar sob tutela estatal e os filhos retirados e criados em instituições públicas.

    “é errado um Estado que está falido andar a pagar propinas de escolas privadas.”
    Não é o estado. São os contribuintes. Depois, esse é dinheiro que é poupado nas escolas estatais (que terão de se redimensionar, é certo).

  4. Luís Lavoura

    esse é dinheiro que é poupado nas escolas estatais (que terão de se redimensionar, é certo)

    Talvez. O pior é enquanto não se redimensionam. O redimensionamento demora alguns anos a ocorrer. E nunca é completo, duas estruturas custam sempre mais do que uma única.
    O que eu quero dizer é, esta é uma ideia muito bonita para se pôr em prática quando as finanças do país estiverem de boa saúde. Agora, neste momento, seria uma asneira.

  5. Tiro ao Alvo

    Não tenho dúvidas de que um sistema desses favorece, sobretudo, os filhos das famílias menos abonadas. E não concordo nada com as posições do Lavoura, especialmente quando diz esta enormidade: “não é, em geral, verdade que os pais queiram a melhor educação para os seus filhos”, para depois acrescentar esta outra ideia tola: “muitos pais não sabem, pura e simplesmente, avaliar a qualidade da educação”.
    Que quererá o Lavoura dizer com isso? Que esses pais, não sabendo avaliar as escolas, serão incapazes de se informarem sobre esse assunto? Que os filhos desses “ignorantes” estão condenados a morrerem ignorantes? Que, no caso da escola pública da zona for a pior escola do país, é essa escola que os filhos dos pobres têm que frequentar, inexoravelmente?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.