Campanha 2012 em números

Esta e muitas mais infografias em Demonocracy.info.

5 pensamentos sobre “Campanha 2012 em números

  1. Gráficos interessantes. Pelo menos nos Estados Unidos sabemos quem dá o quê a quem. E aqui em Portugal?
    No entanto, a ausência de limites ao montante máximo gasto directa e indirectamente limita a igualdade de oportunidades indispensável a uma democracia representativa.

  2. Roberto

    Não há escândalo por os serviços militares estarem directamente envolvidos no financiamento de campanhas eleitorais? Por definição, o dinheiro que eles deram de bandeja ao Ron Paul é dinheiro dos contribuintes. Não será esse o parasitismo que muitos apelam que acabe?

  3. Roberto,
    Não, não há escândalo porque o dinheiro não é do Orçamento desses forças.
    O dinheiro é dado por indivíduos que pertencem a essas forças e que abdicam de parte dos seus salários para entregar ao candidato que lhes parece mais credível em efectivar uma retirada rápida do teatro de operações onde aparentemente não gostam de estar, não gostariam de voltar ou para o qual não querem partir.
    Na verdade, é sempre algo que o Ron Paul publicita para reforçar as suas credenciais de “Peace candidate”.

  4. Vasco

    Muito interessante!
    Se recorrermos à teoria da conspiração imediatamente chegamos à conclusão que isto é um plano maligno dos neoliberais para derrubar o obama.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.