Diz que são uma espécie de neoliberais

Portugal teve o segundo maior aumento da carga fiscal nos países desenvolvidos

Anúncios

22 pensamentos sobre “Diz que são uma espécie de neoliberais

  1. Bomba

    Este governo não é neoliberal, é ultraliberal (são coisas diferentes). A carga fiscal está a ser utilizada para perpetuar velhos interesses de certos indivíduos e grupos económicos (veja-se o caso das PPPs e das suas ligações) à custa do interesse do próprio Estado – ou seja de todos nós.

    Sim, o Estado não “são eles”. Somo nós todos. A nacionalização das dívidas do BPN insere-se na mesma lógica: salvar interesses privados à custa do interesse do Estado – e de todos os cidadãos -, com exceção de uma casta de privilegiados ligados aos partidos que têm arrasado o país desde há cerca de 38 anos.

  2. Carlos Guimarães Pinto

    Bomba, por qualquer motivo o seu comentário não é publicado pelo sistema, mas fica aqui:

    “Este governo não é neoliberal, é ultraliberal (são coisas diferentes). A carga fiscal está a ser utilizada para perpetuar velhos interesses de certos indivíduos e grupos económicos (veja-se o caso das PPPs e das suas ligações) à custa do interesse do próprio Estado – ou seja de todos nós.Sim, o Estado não “são eles”. Somo nós todos. A nacionalização das dívidas do BPN insere-se na mesma lógica: salvar interesses privados à custa do interesse do Estado – e de todos os cidadãos -, com exceção de uma casta de privilegiados ligados aos partidos que têm arrasado o país desde há cerca de 38 anos.”

    Dê as voltas que der, um governo que aumenta a dimensão do estado não leva liberal no nome, independentemente do prefixo que lhe der. Chame-lhe corporativista, nacional socialista ou, mais acertadamente, socialista, liberal é que não.

  3. hf

    O aumento de impostos não implica o aumento do tamanho do estado, reflecte é o incremento da necessidade de financiamento. No caso específico de portugal pela transferência brutal de rendimentos para os mercados.

  4. paam

    “No caso específico de portugal pela transferência brutal de rendimentos para os mercados.”

    Sacanas dos mercados! A espoliar os rendimentos dos portugueses! Como é que é possível se eles só lhe devemos 380.000.000.000 (trezentos e oitenta mil milhões)! São só 269% do PIB. E agora temos que pagar com transferências brutais de rendimento? Não podemos pagar com conchinhas da praia? É que dava mais jeito…

  5. lucklucky

    “O aumento de impostos não implica o aumento do tamanho do estado”

    Implica o aumento do poder do estado porque o privado diminui.

    “No caso específico de portugal pela transferência brutal de rendimentos para os mercados.”

    Ora eu que pensava que o Estado é que pedia emprestado…com Sócrates foram só 80 mil milhões em 4 anos..

  6. Bomba

    Caro Carlos Guimarães Pinto:

    A dimensão do Estado não está a aumentar, está a diminuir, por força das constantes (e mal conduzidas) privatizações.

    O que está a aumentar é o confisco dos rendimentos do trabalho para sustentar os grandes interessados (privados) instalados.

    Em lugar de se acabar imediatamente com as parcerias ruinosas e com os subsídios obscenos a fundações privadas inúteis, por exemplo, prefere-se massacrar o cidadão contribuinte.

    Socialismo é que isto não é com toda a certeza.

  7. “Socialismo é que isto não é com toda a certeza.”
    .
    Pois não. Mas também não é liberalismo.
    É o resultado de uma “economia mista”, que abre caminho para o socialismo, como diz a Constituição.

  8. hf

    considerações morais à parte, continuam a ser “transferências brutais de rendimentos para os mercados” a razão do aumento dos impostos e não o crescimento do estado (que está em contracção).

  9. APC

    “transferências brutais de rendimentos para os mercados”, para isto acontecer é necessário que o estado se endivide, quando o estado se endivida para financiar os “privados” Mota-Engil, Galp e demais amiguinhos está a fazer crescer o seu alcance, seja por meio de PPP’s, subsídios ou bonificações, é a mão do estado que embala o berço, sempre. O que o Estado tem que fazer é eliminar quaisquer interesse empresarial que tenha e deixar a economia funcionar sem que esteja asfixiada por impostos que prejudicam todos em detrimento de alguns. Todos os tiros no pé que nos trouxeram até ao estado actual das coisas foram dados pelo estado e em vez de esperarmos gente menos corrupta, mais íntegra e mais honesta como se de um D. Sebastião se tratasse talvez fossemos mais inteligentes em limitar o estado de forma a que pura e simplesmente a incompetência, estupidez e pura malfeitoria seja eliminada.

  10. Bomba

    “É o resultado de uma “economia mista”, que abre caminho para o socialismo, como diz a Constituição”. Isto não tem ponta por onde se pegue, lamento. Quando já somos o 6.º país da OCDE com maior índice de desigualdade entre ricos e pobres, dizer que estamos a caminho do socialismo, francamente… (na verdade estes indícios são típicos indicadores da caminhada para completa desregulação económica – i.e. para o utraliberalismo ou anarquia liberal económica).

    Nunca tinha passado por aqui, mas já percebi que assim que escrevo, levo logo 2 votos negativos, só para abrir (o que é irrelevante para mim, mas é revelador do espírito de algumas almas inquietas). E também já entendi que ninguém aqui quer debater seriamente os assuntos.

    É assim do género: “O que é que ele disse?” – “não interessa porque ou é comuna ou do BE, se tem razão ou não, não interessa. Leva já um voto negativo”.

    Parece-me que me fica de emenda: responder de forma séria e ser brindado com disparates sem ponta por se pegue, significa perder tempo e, na verdade, tenho mais que fazer. Quando não se que compreender, finge-se que não se compreende.

    Divirtam-se, parece-me que o fazem bem melhor sem mim. Agora podem zurzir à vontade que já não verei eventuais respostas. Passem bem.

  11. Paulo Pereira

    O neoliberalismo não é liberal, por isso não existe contradição para a forma como governa este governo .

    O neoliberalismo repousa em bases macroeconómicas erradas, com especial destaque para a confusão que faz sobre a origem do dinheiro e o processo de circulação do dinheiro, ou seja o sistema monetário e bancário.

    Como o neoliberalismo tem uma base lógica errada,, os governos que seguem essa ideologia provocam danos á economia, como o aumento do desemprego e o aumento de impostos devido á obsessão pelo deficit público.

    Os neoliberais são tão básicos que não entendem a diferença entre divida interna e divida externa, para eles é tudo ao molho.

    Depois com o aumento de desemprego que provoca aumento da despesa, aumentam de novo os impostos , e não reduzem a complexidade do estado para não terem de despedir funcionários públicos.

  12. Vasco

    #13
    “E também já entendi que ninguém aqui quer debater seriamente os assuntos.”
    AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH…

  13. José Augusto

    Sim, há aqui muita gente que não passa de trolls pouco interessados em debate sério. É um problema. Quem não tem paciência para aturar essa gente, olha… procure outro sítio para comentar.

  14. Mário Amorim Lopes

    Paulo Pereira, estou fã do seu humor. Tem livro seu que eu possa comprar? Ficava o dia todo a ler esses piropos. Então este aqui “Como o neoliberalismo tem uma base lógica errada,, os governos que seguem essa ideologia provocam danos á economia, como o aumento do desemprego e o aumento de impostos devido á obsessão pelo deficit público.” é uma autêntica sinfonia. É poesia. Saramago, Alegre e agora Pereira. De que precisamos mais? Ainda dizem que não temos cultura em Portugal…

  15. Paulo Pereira

    Ainda bem que gosta, fico sensibilizado a serio !

    Mas nao , escrever livros nao obrigado, prefiro estudar os Clássicos para melhor entender estas coisas do dinheiro e do credito.

    Ainda tenho duvidas de onde vem o dinheiro e o credito , há quem diga que vem das minas !

    Infelizmente

  16. Pingback: O que é um Ultraliberal? « O Insurgente

  17. Pingback: O que é um Ultraliberal? « Ricardo Campelo de Magalhães

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.