Se este senhor fosse 1º Ministro é que era…

Passos promete aliviar “excessiva carga fiscal”, no Diário Económico.

2 pensamentos sobre “Se este senhor fosse 1º Ministro é que era…

  1. fiscalista

    Um GASPACHO de COELHO que já fede …

    Mais um “servente de caloteiros” com punhos de renda apenas ao serviço
    dos viciados especuladores financeiros (quem são eles ?) que estão vivendo principescamente à custa do Zé Povinho … E ainda não pensa noutra coisa senão ir buscar mais dinheiro !… Mas ainda não nos diz como vamos pagar o que loucamente já devemos !…
    Este também reprovaria no 1º ano de Finanças Publicas do Prof. Salazar …
    “A credibilidade e a confiança levam tempo a construir” . Certo , mas a credibilidade e confiança não levam tempo a destruir como lhe está acontecendo … Entre já imensos exemplos de incompetência , recordo o IVA
    da “restauração” e o caso TSU que retratam este “génio lunar” …
    “ O CONSUMO privado e o INVESTIMENTO (puro) cairam mais do que o esperado ” … As RECEITAS fiscais também cairam !… Pudera , com este realismo lunar não era de esperar outra coisa …De facto , na LUA não há empresas nem familias …
    Demagogicamente VG avisa que o deficit de 2014 será resolvido com a
    diminuição da DESPESA PUBLICA !… Será que ainda não tem competência para o fazer já em 2013 ? Da incompetência passamos para o nivel do aldrabrão ? Na verdade , afirma que a diminuição da despesa é inquestionável !… Mas qual despesa ? A real ? ou a contabilizada até de forma duvidosa ? Afirma ainda que obtemos taxas de juro ditas sustentáveis
    ( > 5% ) com crescimento zero !… Me perdoem , mas não encontro mais adjectivos …
    Quanto ao IRS temos a dizer que a medida fiscal “ad minus” relativa aos subsídios é inconstitucional i.e. o trabalhador do sector privado recebe 2 subsídios tributados em IRS . O funcionário publico recebe
    apenas 1 subsídio tributado em IRS ( o outro subsídio é tributado autonomamente fora do IRS e com uma taxa de 100% !…”mutatis mutandi” para o pensionista igualmente discriminado …) . Em suma, recebem ZERO !…
    Aguardamos os futuros valores concretos de taxas e escalões de IRS para
    em conjunção de taxas e sobretaxas , podermos aquilatar se o principio da PROGRESSIVIDADE é violado . Desde já está violado o princípio da EQUIDADE (2 contra 1) . E está violado o princípio da UNICIDADE do IRS , distorcendo o Sistema Fiscal consignado no artigo 104º da Constituição , ao pretender tributar 1 subsídio autonomamente fora do IRS com uma escandalosa taxa de 100 % . Pior do que o CONFISCO é o ROUBO …
    Aquelas taxas e sobretaxas de legalidade duvidosa não passam de uma ardilosa anestesia fiscal para não evidenciar as reais elevadas taxas de IRS
    provocando mais uma distorção fiscal para além das distorções económicas e sociais que esta pandilha está realizando .
    A Associação de Juizes já se pronunciou informalmente no sentido da inconstitucionalidade .
    N.B. Estas politicas ? Eleições ? Remodelação governamental ? Estado de emergência ? Um Governo todo “escavacado” ? Temos um problema insolúvel ? Uma verdadeira Quadratura do Circulo ?
    MORTE súbita ou MORTE lenta ? Qual delas a melhor ? Eis a questão …
    P.S. Segundo a DOUTRINA jurídica mais recente , no actual contexto , há fundamento para não criminalizar o facto de adjectivar o PPC de LADRÃO !…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.