As consequências de sair à rua sem analisar as escolhas

Artigo de Hélder Ferreira, no Diário Económico:

Posto isto resta-nos, a todos, agradecer encarecidamente ao Tribunal Constitucional, à iliteracia dos media, à inabilidade política do PSD e à irresponsabilidade do PS e do CDS por mais esta insanidade.

10 pensamentos sobre “As consequências de sair à rua sem analisar as escolhas

  1. Paulo Pereira

    O Passos fez de proposito para a alteração à TSU ser reprovada e agora fazer-se de vitima.
    .
    Quem é proporia uma coisa daquelas sem consultar ninguém ?
    .
    Ou então é mesmo nabo !

  2. Paulo Pereira, tem graça que ainda no outro dia estava a pensar o mesmo. Este vai ser o PEC4 do Passos Coelho, vamos andar os próximos tempos a ouvir que “se a oposição não tivesse condenado a medida da TSU…”, “se tivesse sido implementada a medida da TSU..”.etc.

  3. brmf

    Está elencado um conjunto de usos que as empresas poderiam ter feito de uma descida na TSU, contudo, tem um “piqueno” problema: não são cumulativos nem exaustivos. Por um lado, ou se aumenta os lucros ou repõe-se o salário líquido dos trabalhadores; por outro, faltam aí outros usos possíveis, como, p.e, o patrão pode pegar nesses meios libertados pelos lucros e comprar um ferrari.

  4. brmf,
    alguns podem ser cumulativos mas sim não são exaustivos nem poderiam ser com um artigo com número de caracteres limitado. de qualquer maneira, em relação ao uso de que dá exemplo.
    O patrão pode de facto comprar o Ferrari embora duvide que na maioria das empresas a diferença na TSU atingisse um valor suficiente. mas suponhamos que atinge. No caso de o comprar em nome pessoal está dentro dos usos elencados no ponto 3. Se for assim a maioria da diferença iria pagar ao estado nestes termos:
    – o lucro da empresa tributado em IRC ;
    – a distribuição do lucro para o patrão tributada em IRS (já lá vão cerca de 40%)
    – o Ferrari pagaria IA e IVA (dos 60% que sobravam vão outros 60%).
    Ou seja, o estado ficaria com cerca de 70% do que aumenta a TSU para trabalhadores. Já sem descontar os encargos futuros do Ferrari porque se os considerarmos rapidamente o estado se apropriaria de muito mais do que o patrão ganha com a medida

    Se o patrão comprasse o Ferrari em nome da empresa:
    – cerca de 60% iria imediatamente para o estado
    – através da tributação autónoma mais 15% do total iria logo a seguir também para o estado.

    Contas feitas, se comprasse o Ferrari iria quase tudo parar ao mesmo buraco negro do estado.

  5. brmf

    Certo. Mas não se deve esquecer que seriam os 7% do dinheiro dos trabalhadores, através da redução administrativa dos salários, que serviria para financiar o estado e o patrão. O patrão no seu ferrari e o Estado nos impostos que refere. Na prática o ónus recairia sempre nos trabalhadores.

  6. brmf, nem eu disputo isso mas entenda que dos usos que podiam ser dados à descida da contribuição esse é o mais improvável. Note que na semana passada as empresas do calçado propuseram-se repôr o salário líquido dos trabalhadores (eu preparava-me para fazer o mesmo). Para as empresas em dificuldades podia ajudar (os patrões também têm salários e se as empresas estão em dificuldade é porque não há lucros, se não há lucros o patrão não recebe mais nada a não ser o salário) a prevenir um ou outro despedimento ou a fazer face a uma ou outra dívida. Resumindo, a medida abria n opções. A substituição pelo aumento do IRS não tem nenhuma das possíveis virtudes desta e a única coisa que eventualmente faz é enfiar mais dinheiro nos despautério do estado retirando-o a um sector privado que definha a olhos vistos e já não aguenta mais. É ver as falências e o desemprego.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.