“O dinheiro só gera maus sentimentos, só gera ódios.” (2)

“The Money Speech” proferido por Francisco d´Anconia in Atlas Shrugged

So you think that money is the root of all evil?” said Francisco d’Anconia. “Have you ever asked what is the root of money? Money is a tool of exchange, which can’t exist unless there are goods produced and men able to produce them. Money is the material shape of the principle that men who wish to deal with one another must deal by trade and give value for value. Money is not the tool of the moochers, who claim your product by tears, or of the looters, who take it from you by force. Money is made possible only by the men who produce. Is this what you consider evil?”

10 pensamentos sobre ““O dinheiro só gera maus sentimentos, só gera ódios.” (2)

  1. Pingback: Um homem honesto « O Insurgente

  2. Paulo Pereira

    Mas é pena que certos candidatos a liberais sejam contra a utilização do dinheiro em beneficio da sociedade e prefiram ver o dinheiro como um fim em si mesmo.

  3. Luís Vilela

    Subscrevo que é um discurso (e a análise das suas ideias e pressupostos) que não se conhece por cá. Por mim, a abordagem que faço está mais relacionada com a ética objectivista e a sua classificação egoísta. E isto a seguir ao utilitarismo de Mill e à deontologia kantiana. Os nossos alunos têm de conhecer mais e por isso…
    Já agora, não é Roberto d´Anconia, mas Francisco d´Anconia. É um pormenor, mas pelo menos os que divulgamos a obra que a façamos correctamente.
    Saudações,
    Luís Vilela.

  4. Miguel Noronha

    “Já agora, não é Roberto d´Anconia, mas Francisco d´Anconia”
    Tem razão. Um dos objectivistas residentes já me tinha alertado mas ainda não tinha tido oportunidade de corrigir.

  5. Carlos Duarte

    Balelas.

    Aliás, basta esta “pérola” do dito discurso e dois dedos de testa:

    “Money will not buy intelligence for the fool, or admiration for the coward, or respect for the incompetent.”

    O primeiro ainda dou de boa vontade, quanto aos outros dois, olhem à vossa volta e digam-me alguma coisa. Aquilo tem tanto fundamento na realidade como o “Das Kapital”, com a superioridade (para Marx) que este último tentava prever o futuro enquanto a Rand falava de um presente que não existe.

  6. Lincoln

    “There are two novels that can change a bookish fourteen-year old’s life: The Lord of the Rings and Atlas Shrugged. One is a childish fantasy that often engenders a lifelong obsession with its unbelievable heroes, leading to an emotionally stunted, socially crippled adulthood, unable to deal with the real world. The other, of course, involves orcs.”

  7. Paulo Pereira

    LL,

    Você confunde o plano privado com o plano do estado ou da sociedade.

    O estado tem como moral zelar pela grande maioria dos cidadãos , não por 1% que tem vantagem com uma deflação !

  8. lucklucky

    Não interessa se é 1% , 0,1% ou 0,001% os estado não tem de interferir na economia das pessoas, é imoral.

  9. Pingback: “O dinheiro só gera maus sentimentos, só gera ódios.” (3) « O Insurgente

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.