Para cada sujeito passivo a administração fiscal é um ladrão

Diz o bastonário da OTOC, no vida económica hoje: “Para a administração fiscal cada sujeito passivo é um ladrão”.

No meio da entrevista, retirado directamente do VE, diz também:

“(…) a pior coisa que pode acontecer a qualquer país é quando as pessoas interiorizaram que estão a ser injustamente tratadas. É o que está a acontecer na restauração. As pessoas interiorizaram que se lhes está a exigir para alem das suas possibilidades e que estão a ser tratadas injustamente.Isto é importante dizer, porque legitima para que elas incumpram com os seus deveres.(…)”

O que acontece quando se é tratado como um ladrão por quem se vê como um ladrão? Como o ladrão tem a força do lado dele escondemos-nos e os nossos pertences. E se sabemos que o ladrão vai continuar a voltar? Ou, fugimos, emigramos ou recebemos o ladrão com violência proporcional.

O Príncipe João era um mãos largas por comparação com o  nosso Estado. O Xerife de Nothingham era um menino de coro por comparação com a nossa DGCI. Robin Hoods, procuram-se. Precisamos de protecção contra o Estado.

8 pensamentos sobre “Para cada sujeito passivo a administração fiscal é um ladrão

  1. JoaoMiranda

    Ricardo,
    .
    Isso dito por um socrático, socialista e bastonário de uma ordem monopolista com direitos especiais concedidos pelo Estado tem a sua piada.

  2. Só tenho pena que este lúcido bastonário tenha trazido como exemplo, a nossa restauração. Por certo que ele não é nem nunca foi cliente da nossa restauração, porque se assim fosse, saberia que esse é seguramente um dos ramos que mais engrossa a economia paralela. Cada vez estão mais contrariados em imprimir facturas dos nossos consumos, que um dia não sei se não serei tratado à bala, quando pedir a minha facturinha da refeição. Mas sempre assim foi. Só que dantes, metiam ao bolso 13%, agora lutam fervorosamente por embolsar 23%. E ainda vem este iluminado sugerir-lhes o incumprimento dos seus deveres. Este pais está mesmo escangalhado!

  3. ricardo saramago

    Esse artista que se amigou sempre com os Sócrates deste país para transformar os Tecnicos de Contas e as empresas em capachos do fisco, tem a lata de se queixar.
    Foi bom enquanto a OTOC se transformou numa agência do Estado dona da profissão e um cofre cheio do dinheiro dos que, para trabalhar, têm que lhe pagar.
    A mina deve estar a secar e estes camaradas que estão no governo já não o tratam com a devida vénia.
    A crise também tem destas injustiças.

  4. Ricardo G. Francisco

    João,

    Eu fico sempre animado quando socialistas corporativistas manifestam-se contra impostos.

  5. contabilista

    Tem direito a ser socrático , socialista e Bastonário democraticamente eleito … ou não ? Há alguma Ordem(todas monopolistas) que não tenha direitos concedidos pelo Estado e a concordância dos seus Membros ?
    Não há sociais democratas corporativistas ? Hoje , colocar a Restauração no topo da economia paralela é desconhecer a “economia da empresa” e a fiscalidade da restauração … Hoje a maioria destas empresas não tem possibilidade de sobreviver dentro da legalidade
    e hoje estas ilegalidades diminuíram imenso com a Ditadura Fiscal de Paulo Macedo …
    Senta-se num restaurante e paga € 10,00 por uma refeição . Legalmente pelo menos € 4,00 iriam para o Estado !… Como é ? Come pedras ? Se o negócio é bom , instale um e diminua o desemprego que bem preciso é … Vejam o que está a acontecer às farmácias que outrora era um negócio chorudo !…
    Há alguma Ordem onde não se tenha que pagar para trabalhar ?
    Dizer que a OTOC é dona da profissão é um insulto aos seus membros …
    E não vislumbram o custo da emissão de uma factura poder ser superior à margem de lucro do produto vendido ?

  6. Caro contabilista,

    Que defenda que por cada garfada de arroz que levamos á boca ter que dar um quarto ao estado é um roubo, concordo. Agora defender a OTOC, entidade eminentemente marxista é outra completamente diferente. Se quer exemplos de Ordens que não exigem quotas aos membros para exercerem a sua profissão, procure que existem (repare p.e. na maioria das pessoas que frequentam este blog).
    A OTOC, a Ordem dos médicos, etc, são entidades corporativas que funcionam como os sindicatos do início do sec. XX, em que quem não pagava o dízimo não tinha direito a trabalhar. E fazem-no sob o escudo do estado. Tal como a Ordem dos Médicos, a grande ambição da OTOC é limitar o nº de contabilistas ao máximo e tabelar-lhes os honorários. Os médicos conseguiram-no. Hoje há poucos médicos, não há grande concorrência e a medicina é desproporcionalmente cara em Portugal (e noutros países é certo). A OTOC pretende o mesmo. Reduzir o nº de cursos, o nº de vagas e o nº de contabilistas que podem exercer (provas de acesso á Ordem, obrigações anuais com obtenção de créditos que os contabilistas têm que pagar do seu bolso, quotas). A médio prazo prevejo o mesmo resultado. Teremos dentro de alguns anos poucos contabilistas (pode levar uma geração, mas não creio devido á desistência de muitos contabilistas face aos custos das formações), com pouca concorrência e caros.

  7. contabilista

    Caro RICARDO BATISTA
    …outras Ordens agem no sentido de limitar o número dos seus Membros os quais evidentemente estão de acordo …
    Como tantas vezes , os Portugueses “discutem” , quando no essencial estão de ACORDO .
    Cumprimentos

  8. Certamente

    Os agentes económicos procuram o melhor para si próprios a todo o momento. O problema é que isto é feito com base na compulsão. O Estado obriga a que empresas tenham contabilistas. O Estado obriga a que estes contabilistas estejam inscritos na ordem. A Ordem torna-se parte do aparelho coercivo do estado.

    Curioso que se aceite isto como normal, mas quando são certas profissões a fazê-lo já são apelidadas de cartel. Não estou de acordo com nenhuma forma de cartel. E penso que o caro contabilista também não…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.