Parceria Insurgente/Diário Económico: Ricardo G. Francisco

A concorrência é o catalisador da inovação e competitividade. É devido à pressão concorrencial que empresas têm que produzir melhor e a um custo inferior. É devido à concorrência que têm de inventar e de se reinventar. Uma empresa que vive em acesa concorrência dentro de um país está naturalmente melhor preparada para competir em outros mercados.

“O Paraíso das Damas”, artigo do insurgente Ricarco G. Francisco.

Anúncios

2 pensamentos sobre “Parceria Insurgente/Diário Económico: Ricardo G. Francisco

  1. manuel.ferreira

    “ SOMENTE PENSAMOS…QUANDO CONFRONTADOS COM PROBLEMAS “
    “ os problemas surgem quando estamos tentando apreender o sentido das tradições que HERDAMOS…e/ou…os desafios de viver em um mundo em TRANSFORMAÇÃO…”
    “ A FILOSOFIA NÃO TRATA DE OBTER UM RETRATO VERDADEIRO DO MUNDO , MAS DE SOLUCIONAR PROBLEMAS PRATICOS…” estas são palavras de JOHN DEWEY ( 1859-1952 )
    Por isso é necessário…fundamental e urgente…UMA NOVA FILOSOFIA FISCAL…
    O trabalho , a produção , a poupança , o investimento…NUNCA DEVEM PAGAR IMPOSTO…!!!
    PORQUE É INJUSTO…INCORRETO…IMORAL…e ERRADO…!!!
    Ser penalizado por fazer o que é certo , correto , moral e justo…é um dos maiores erros da nossa sociedade…que deve ser urgentemente CORRIGIDO…!!!
    Assim sendo…
    Só devem existir impostos sobre o consumo , a poluição , os vícios e as importações…
    PORQUE É JUSTO…CORRETO…MORAL…e CERTO…!!!
    Vamos começar HOJE…e fazer isso de forma faseada…para daqui a 4 anos podermos dizer a TODA a SOCIEDADE…que finalmente ESTAMOS NO CAMINHO CERTO…
    De um FUTURO MELHOR , MAIS JUSTO , e MAIS HUMANO…!!!

  2. Ora nem mais.
    Pelo contrário numa economia planificada quem quer atingir o sucesso limita-se a puxar a brasa à sua sardinha junto daqueles que planificam e tomam as decisões, com vista ao seu favorecimento face à concorrência.
    A coisa toma proporções ainda mais assustadoras quando sabemos que hoje o socialismo não tenta controlar os meios de produção, mas sim os resultados dessa produção, logo a inovação não é senão uma miragem. Afinal de contas é isto o Portugal actual.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.