Parceria Insurgente/Diário Económico: Ricardo G. Francisco

A concorrência é o catalisador da inovação e competitividade. É devido à pressão concorrencial que empresas têm que produzir melhor e a um custo inferior. É devido à concorrência que têm de inventar e de se reinventar. Uma empresa que vive em acesa concorrência dentro de um país está naturalmente melhor preparada para competir em outros mercados.

“O Paraíso das Damas”, artigo do insurgente Ricarco G. Francisco.

2 pensamentos sobre “Parceria Insurgente/Diário Económico: Ricardo G. Francisco

  1. manuel.ferreira

    “ SOMENTE PENSAMOS…QUANDO CONFRONTADOS COM PROBLEMAS “
    “ os problemas surgem quando estamos tentando apreender o sentido das tradições que HERDAMOS…e/ou…os desafios de viver em um mundo em TRANSFORMAÇÃO…”
    “ A FILOSOFIA NÃO TRATA DE OBTER UM RETRATO VERDADEIRO DO MUNDO , MAS DE SOLUCIONAR PROBLEMAS PRATICOS…” estas são palavras de JOHN DEWEY ( 1859-1952 )
    Por isso é necessário…fundamental e urgente…UMA NOVA FILOSOFIA FISCAL…
    O trabalho , a produção , a poupança , o investimento…NUNCA DEVEM PAGAR IMPOSTO…!!!
    PORQUE É INJUSTO…INCORRETO…IMORAL…e ERRADO…!!!
    Ser penalizado por fazer o que é certo , correto , moral e justo…é um dos maiores erros da nossa sociedade…que deve ser urgentemente CORRIGIDO…!!!
    Assim sendo…
    Só devem existir impostos sobre o consumo , a poluição , os vícios e as importações…
    PORQUE É JUSTO…CORRETO…MORAL…e CERTO…!!!
    Vamos começar HOJE…e fazer isso de forma faseada…para daqui a 4 anos podermos dizer a TODA a SOCIEDADE…que finalmente ESTAMOS NO CAMINHO CERTO…
    De um FUTURO MELHOR , MAIS JUSTO , e MAIS HUMANO…!!!

  2. Ora nem mais.
    Pelo contrário numa economia planificada quem quer atingir o sucesso limita-se a puxar a brasa à sua sardinha junto daqueles que planificam e tomam as decisões, com vista ao seu favorecimento face à concorrência.
    A coisa toma proporções ainda mais assustadoras quando sabemos que hoje o socialismo não tenta controlar os meios de produção, mas sim os resultados dessa produção, logo a inovação não é senão uma miragem. Afinal de contas é isto o Portugal actual.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.