Ideologia Vs Realidade

Pelo Rev. Robert Sirico, traduzido para Brasileiro pelo CIEEP:

Se percebermos que o argumento moral do socialismo está equivocado — e que o capitalismo, na verdade, traz benefícios e serve ao bem comum — por que nos mantemos na ideologia em vez de abandoná-la? Evidentemente, é difícil abrir mão de uma vida inteira dedicada à ideologia, especialmente se a considerarmos a única alternativa existente ainda não contaminada pelo mal. Assim, o socialismo foi, por gerações, simplesmente um dogma arraigado. É possível aos socialistas discutir pontos delicados, mas não abandoná-los.

Contudo, por mais compreensível que seja, não é louvável. Continuar a afirmar uma doutrina comprovadamente falsa é abrir mão de qualquer pretensão de objetividade. Se alguém provar que o livre mercado e a propriedade privada levam ao empobrecimento, à ditadura e à violação dos direitos humanos em grande escala, creio que deveria ter senso e capacidade de admitir e mudar meus conceitos. Em todo caso, aos socialistas falta humildade intelectual. Eles se agarram a sua fé — sua falsa religião — como se suas vidas estivessem em jogo. Muitos continuam ainda assim hoje.

A maioria dos intelectuais no mundo tem consciência do que o socialismo fez na Rússia. E ainda há muitos que se mantêm fiéis ao ideal socialista. O império do terror de Mao Tsé-Tung (1893-1976) não é mais segredo. E ainda assim, é moda lamentar o avanço do capitalismo na China, mesmo com a evidente melhora das condições de vida do povo chinês pela crescente liberdade ao ingresso no mercado. Muitos europeus estão totalmente conscientes de quão nociva a social-democracia tem sido na Alemanha, na França e na Espanha. E ainda continuam a se opor à liberalização dessas economias. Aqui nos Estados Unidos temos visto o fracasso dos programas de redistribuição de renda e o desequilíbrio fiscal que geram. E ainda há muitos que continuam a defendê-los e promovê-los.

(…)

Depois de mais um exemplo por parte de Louçã, a esperança de uma mudança em breve é bem diminuta…

3 pensamentos sobre “Ideologia Vs Realidade

  1. José Maia

    Como disse há uns tempos atrás, há padres para todos os gostos. Não esquecer que o Papa João Paulo II igualmente advertiu para os perigos do Capitalismo. Como podem certos liberais frequentar os meios beatos e depois andar por aí a afirmar “consumer is king” e a propalar que os desejos subjectivos do indivíduo são tudo o que há para servir. Aí sim, têm um sério problema de incompatibilidades para resolver já que não percebem que tais afirmações estão na origem da proletarização rasca dos costumes e destruição dos laços familiares e comunitários. Não sou socialista, mas creio que repensar os modos de organização e de vida não parou obrigatoriamente nos séculos XVIII e XIX.

  2. jhb

    “Se alguém provar que o livre mercado e a propriedade privada levam ao empobrecimento, à ditadura e à violação dos direitos humanos em grande escala…”

    Esse detalhe do “em grande escala” é todo ele um programa.

  3. Paulo Pereira

    Está provado à exaustão que a social-democracia moderna é o sistema politico-economico mais eficaz de sempre.

    Mantém as vantagens do capitalismo mas num nivel de bem estar muito superior.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.