Teimosamente, até à ruina total?

Em 2010, aquando das eleições internas do PSD, lutei com firmeza para que os limites constitucionais ao défice fossem inscritos no programa da candidatura de Aguiar-Branco à liderança do partido, recuperando algo que havia já estado em cima da mesa nos anos 90 (à época, infelizmente, sem sucesso, por oposição dos socialistas). A ideia tem feito de novo o seu caminho. Passados 20 anos, e depois de provada a desgraça, o PS continua a não querer ver limitada a sua capacidade de gastar à fartazana quando voltar a ser governo. Não aprendem. Sem dúvida, uma medida que mostra bem o sentido de responsabilidade dos socialistas, e a principal razão para que fiquem afastados da governação enquanto não mudarem de ideias.

12 pensamentos sobre “Teimosamente, até à ruina total?

  1. J. Ramos

    Acha mesmo que eles vão ficar afastados do poder enquanto não aceitarem essa regra? Espere até eles começarem a distribuir promessas com o dinheiro dos outros…Eu acho que quem não aprende é o Rodrigo Adão da Fonseca.

    Só para lembrar que Sócrates foi REeleito….

  2. Observador

    Declaração de princípios: Não tenho nada a ver nem com uns nem com os outros. Ponto final parágrafo.
    Mas gostava de saber o que é que estes senhores têm feito para controlar o défice. Tiveram receitas extraordinárias da venda da EDP e da REN. Receberam mais de 6.000 Milhões dos Fundos de Pensões dos Bancários e mesmo assim o défice aumenta e as dividas não baixam? Não quero dizer com isto que os incumprimentos se devam a terem metido centenas, quem sabe se milhares, de boys a ganharem fortunas só para os terem calados e quietos. Mas isso ajudou à trapalhada que vivemos. Tudo boa gente. Tudo fruta de cima e os mesmos a pagar as facturas. Essa é que é essa. Arre porra que é demais!

  3. J. Ramos, eventualmente precisa de voltar à escola para aprender a interpretar textos. Eu não disse que os socialistas vão ficar afastados do Poder, mas que deveriam ficar pela falta de sentido de responsabilidade afastados do Poder. Infelizmente, é provável que vendendo ilusões lá cheguem. Mas nada no meu texto assume qual o sentido do voto dos portugueses em futuras eleições.

  4. Caro observador, muito mais deveria ter sido feito, sem dúvida, mas há evoluções. Existe défice por diminuição da receita, mas a despesa desceu, e muito, também. E no caso, é positivo o sinal de querer colocar na Constituição limites ao défice.

  5. J. Ramos

    Rodrigo Adão da Fonseca, a sua frase só tem sentido como um fútil exercicio de wishful thinking, pois como compreenderá a correlação entre “responsabilidade” e “ganhar eleições” é muito ténue (particularmente falando de PT).

  6. paam

    Se estivessemos num país com políticos responsáveis não era preciso uma regra de ouro. Com políticos irresponsáveis não há regra de ouro que nos salve.

  7. Paulo Pereira

    o autor parece não perceber que o deficit depende da despesa e da receita fiscal e que a receita fiscal depende da actividade económica privada.

    O que há que limitar é a despesa e não o deficit, senão dá a asneira que se vê com este governo, que aumenta impostos mas a receita fiscal desce.

  8. Paulo Pereira, o que você não percebe é que o orçamento é sempre um exercício prospectivo, uma combinação de receita e despesa, pelo que limitar a despesa, com a receita incerta, é exactamente o mesmo que limitar o défice.

  9. Lucas Galuxo

    Concordo com o Paam. Achava que era desnecessário inscrever limites ao défice orçamental na constituição até constatar que deputados como, por exemplo, Isabel Moreira, às vezes, são eleitos. Agora, acho que é uma medida urgente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.