Óbvio

Técnicos de apoio ao Parlamento dizem que o Governo precisará de obter excedentes primários duradouros, de normalizar as condições de acesso ao financiamento e de colocar a economia no caminho do crescimento para conseguir conter o aumento da dívida pública

Eis algo tão óbvio que nem deveria merecer destaque. Infelizmente parece que a receita preferida pelos anti-“austeritaristas” nunca passa pelo controlo das contas públicas mas pelo “crescimento”. Na sua “narrativa” este assume um papel tão importante quanto misterioso dado que nunca explicam como é que o vamos alcançar. Enfim, contrariando o passdo recente quando até a desvalorizavam ou queria extinguir ultimamente até a têm citado amiude. Vejamos se o fazem desta vez.

Um pensamento sobre “Óbvio

  1. Paulo Pereira

    É óbvio que só com crescimento se pode ter um racio de divida / PIB a melhorar !

    Não existem casos de melhorar o racio através da redução do PIB !

    O crescimento do PIB faz-se por aumento das exportações e substituição das importações e aumento do investimento.

    Os resultados na U.E. dos ultimos anos são clarissimos nesse sentido .

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.