Jornalismo de causas

Os critérios do jornalista do Expresso para noticiar o roubo de produtos alimentares por sindicalistas em Espanha são deveras curiosos. Não se compreende a utilização de aspas.

Sindicalistas vão voltar a ‘assaltar’ supermercados

9 pensamentos sobre “Jornalismo de causas

  1. José Manuel Moreira

    As aspas talvez seja para haver concordância entre a mentalidade do jornalista e a situação do País resultante da aplicação desses critérios, jmm

  2. Pisca

    E estas caridosas freiras são o quê, almas compungidas e dadas ao semelhante ?

    Alguém que me explique, o escândalo em Espanha tem sido grande e claro algo escondido

  3. Miguel Noronha

    Não percebo muito bem a intenção. Devemos perdoar o roubo dos sindicalistas devido a este caso das freiras? É isso? Ou será que se devem condenar os dois?

  4. Pisca

    Miguel a pressa e escandalo de uma acção foi oposta ao roubo de 10 anos (dez), pois pediram desculpa e não fazem mais

  5. Sánchez Gordillo perguntou por que é que não prendem o presidente do Banco Santander, Emilio Botín, já que tem «milhares de milhões» em paraísos fiscais, os corruptos do PP e do PSOE ou os dirigentes políticos que dão dinheiro aos bancos em detrimento dos fundos para os pobres.
    (…)
    «Ir para a prisão pelo que fiz é uma honra»
    .

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.