Escapadinhas sírias

Para lá dos milhares de mortos, feridos e refugiados  a guerra civil síria que dura há 17 meses, atingiu hoje um novo desenvolvimento: o Primeiro-Ministro abandonou o governo de Assad e, com a família, fugiu para a Jordânia. Outras notícias ainda não confirmadas apontam para que o ministro que tutela o petróleo terá escapado para o Líbano, rumo à Turquia. Menos sorte terá tido o ministro das finanças, que foi preso antes de conseguir dar o salto.  Para a Turquia emigrou com sucesso mais um general.

No terreno, a guerra continua envolvente. Os rebeldes capturaram 48 peregrinos iranianos que juram ser milicias iranianas, e onde pontifica um  oficial da Guarda Revolucionária. Já o exército sírio, garante ter capturado um general turco, em Aleppo*.

Para esta Quinta-feira, o Irão prepara uma reunião realista sobre a situação da Síria. Serão 10 os países convidados mas ainda não se sabe quais são.

*A fonte é a iraniana FARS, agência noticiosa cuja maior  qualidade é a diversão. Mas até os relógios parados conseguem a proeza de estarem, por vezes,  certos.

Anúncios

5 pensamentos sobre “Escapadinhas sírias

  1. pois

    Está a ver como consegue. Até lhe perdoo o asterisco.

    “Mas até os relógios parados conseguem a proeza de estarem, por vezes, certos.” duas vezes por dia meu amigo. Até aí concordo consigo.

  2. Pingback: Um regime em avançado estado de desintegração « O Insurgente

  3. pois

    “A concordância de um troll não deixa de ser de alguma forma preocupante.”
    Não meu amigo, é genuíno. Factos, eu gosto de factos. Plain and simple.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.