Sobre a venda do Atlântico

A questão do Atlântico é simples. Em primeiro lugar o Estado dá mais um passo para se afastar da Cultura. Em segundo, entrega um activo rentável à economia privada, permitindo que esta o explore na linha do que o mercado exige. Em terceiro lugar este activo é entregue a alguém que já deu provas suficientes no que toca ao negócio da música e que, ao mesmo tempo fez a melhor oferta pelo Pavilhão, garantindo a manutenção -e o provável aumento – da sua rentabilidade. E por fim, a única questão pendente com o facto de o comprador ser genro de Cavaco Silva até é um positiva: pode ser que Cavaco Silva passe a ter uma ajudinha para a velhice, dada a anunciada “pequenez” das suas reformas.

10 pensamentos sobre “Sobre a venda do Atlântico

  1. jhb

    “Em segundo, entrega um ativo rentável à economia privada”
    … por metade do preço, diga-se.

  2. Ricardo Lima

    Olhe jhb, aqui há uma década andava por aí um jogo chamado Age of Empires em que os jogadores, com pouco dinheiro, tinham que o fazer render e construír um Império. Eu tinha um amigo que fazia batota e, apesar de começar na nossa posição, começava com dinheiro infinito. Ganhava sempre, mesmo que jogasse pior. Percebeu ?

  3. professor

    Pensando no que acontece habitualmente neste “Sítio…” , o comprador teve conhecimento antecipado do preço dos outros concorrentes ? O Estado ressalvou uma clausula que o destino do P.A. está garantido , para daqui a meia dúzia de anos não encontrarmos ali um longo bloco de escritórios/apartamentos ? Ressalvou uma clausula do direito de preferência no caso de pretenderem outro destino ?
    É que neste “Sitio…” governar é sinonimo de vender (sabe Deus como…) e a qualquer preço …

  4. Pingback: O Pavilhão Atlântico foi um negócio ruinoso para o Estado « O Insurgente

  5. professor

    Uma DEMOCRACIA surrealista com uma CONSTITUIÇÃO aberrante
    VOTOS em CAVACO SILVA iguais a …
    (1º mandato para P.R.)
    … 26% dos portugueses (1/5 da população !…)
    … 30% dos eleitores (1/3 dos eleitores!…)
    … 79% dos abstencionistas (MENOS votos do que os abstencionistas)
    … 98% dos VOTOS CONTRA (MAIS votos que votaram CONTRA !…)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.