Em permanente campanha pelo aumento do desemprego

Jornal de Negócios

A CGTP apresenta hoje dez medidas de combate ao desemprego que passam, nomeadamente, pelo aumento do Salário Mínimo Nacional (SMN) e das prestações sociais, como forma de promover o consumo interno e dinamizar a economia.(…) Numa altura em que a taxa de desemprego em Portugal se situa nos 14,9%, de acordo com os últimos dados do Instituto Nacional de Estatística (INE) referentes ao primeiro trimestre do ano, a CGTP defende a redução do horário de trabalho “para as 35 horas semanais, sem adaptabilidade e sem redução de salário”.

Confesso que tenha alguma dificuldade em hierarquizar as propostas da CGTP pelo número de pessoal que iriam lançar para o desemprego. Porém não resta qualquer duvida quanto ao seu elevado poder destrutivo. Especialmente quando conjugadas.

2 pensamentos sobre “Em permanente campanha pelo aumento do desemprego

  1. Pingback: Top posts da semana « O Insurgente

  2. Pingback: È capaz de resultar « O Insurgente

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.