Lose/Loser

Após ter divulgado essa tese durante largos anos, o colunista inglês George Monbiot foi obrigado a reconhecer que a teoria do “peak oil” estava errada. Reconheceu-o esta semana no Guardian: We were wrong on peak oil. There’s enough to fry us all. Mas não pensem que ele ficou contente com a isso. Muito pelo contrário

The problem we face is not that there is too little oil, but that there is too much. (…) There is enough oil in the ground to deep-fry the lot of us, and no obvious means to prevail upon governments and industry to leave it in the ground.”

LEITURA RECOMENDADA: “Monbiot: wrong again – ‘Peak Oil’ this time” de James Delingpole

(via maradona)

2 pensamentos sobre “Lose/Loser

  1. oscar vaz

    A teoria estava certa e referia-se ao petróleo convencional, cujo pico já passou. Agora, existe petróleo muito mais caro, que enxuga a liquidez, especialmente para os hábitos ocidentais, e não permite o crescimento. Quem estava errado era quem dizia que em 2020 o petróleo voltava a 20 ou 30 $ / b

  2. Lendo o artigo de opinião do George Monbiot referido neste artigo, ele escreve: “Peak oil hasn’t happened, and it’s unlikely to happen for a very long time.”. Parece-me dessa expressão muito abusivo que o autor deste post escreva neste artigo que o Gorge Monbiot “reconhece que a teoria do Peak Oil” esteja errada.
    Qualquer recurso valioso finito, valioso e não renovável está sujeito à curva Hubbert, sendo o pico apenas uma questão de tempo. Negar esta realidade desafia toda a lógica da física e da matemática.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.