Cheira mal, cheira a Lisboa

 

A razão pela qual não há recolha de lixo em Lisboa  vai para quatro dias, “resulta do atraso no pagamento do trabalho extraordinário efectuado há um ano durante as festas populares de Lisboa. Os trabalhadores exigem também que a autarquia lhes pague ajudas de custo e a totalidade do subsídio nocturno.”  Ou seja, acabou o dinheiro a António Costa, o Presidente da capital que afirmou que tinha posto as contas em ordem no seu primeiro mandato.

Entretanto, o lixo acumula-se e saíu da agenda mediática. Se fosse em Nápoles seria  notícia internacional. Fica consumada a aldrabice política do executivo camarário, o lixo, o cheiro e a ideia de quem vive e passa por Lisboa, não se importaria de voltar a ser colocado  no centro do mundo ou pelo menos a não tropeçar nos montes de lixo acumulados.

Imagem: Portugal em HD.

6 pensamentos sobre “Cheira mal, cheira a Lisboa

  1. ruicarmo

    “De facto até nem cheira mal, porque o tempo tem estado fresco.”

    Luís Lavoura, das duas uma: ou o seu olfacto não está em condições e deve ser visto por um médico ou alguns lisboetas têm tido o cuidado de envolverem os sacos com o lixo com aqueles desodorizantes que têm um efeito de protector de uma semana.

  2. Vale de Lobos

    A tudo isto, ainda acresce o facto de a Câmara ter alterado o esquema de recolha de lixo e ter acabado com os contentores de reciclagem de papel e de embalagens. Agora, cada prédio dispõe de três contentores três para o lixo: um para o lixo doméstico, outro para o papel e outro para as embalagens. A recolha do lixo doméstico é feita somente às segundas, quartas e sextas, a das embalagens às terças e sábados e a do papel às quintas-feiras. Esta inovação, além de criar problemas de arrumação, pois nem todos os prédios têm espaço para arrumar os três caixotes do lixo, leva-me ainda a pensar se a Câmara não tenciona ir investigar quem não separou convenientemente os resíduos e aplicar algumas coimas para reforçar o orçamento. Com os contentores agora individualizados por prédios, ainda será muito mais fácil identificar os prevaricadores. O Grande Irmão – neste caso, Costa – zela por ti.

  3. nuno granja

    Para pagar aos homens não há dinheiro, mas para desfazer e refazer a Rotunda do Marquês…

  4. Pingback: Cheira mal, cheira a Lisboa II « O Insurgente

  5. Pingback: Lisboa e Nápoles: o mesmo cheiro « O Insurgente

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.