Sempre em grande nível

Não se esperava outra coisa de um dos inflitrados socialistas no governo:

O secretário de Estado adjunto e da Saúde, Leal da Costa, garantiu esta quinta-feira que “não há nem nunca haverá racionamento implícito no Serviço Nacional de Saúde

Aliás, as tristemente célebres “listas de espera” não serão sintoma do “racionamento” mas um fenómeno atribuivel à mania que os portugueses têm de marcar consultas e intervenções com vários anos de antecedência. As chamadas “taxas moderadoras” serão antes uma tentativa de moderar a agressividade dos utentes.

3 pensamentos sobre “Sempre em grande nível

  1. Paulo Pereira

    É urgente alargar a ADSE a todos os contribuintes de forma a que o sector privado possa competir com o publico na prestação do serviço universal de saude.

    Só a competição garante o aumento da qualidade e preços mais baixos de forma sustentada.

  2. Pingback: Acerca do racionamento no SNS « O Insurgente

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.